vitamina D durante a gravidez pode fortalecer os dentes do bebê

Vitamina D durante a gravidez pode fortalecer os dentes do bebê

Mais Saúde Woman, ,

Nossos dentes são compostos por várias camadas diferentes. O esmalte é a camada mais externa e também é a substância mais dura do nosso corpo, composto quase 100% de conteúdo mineral, principalmente cálcio. Esta camada protege as partes internas do dente, por isso, defeitos no esmalte podem levar à dor, dentes descoloridos ou facilmente fraturados, além de cáries.

Esmalte e vitamina D

Grande parte da camada de esmalte dos dentes de um bebê é formada no terceiro trimestre da gravidez. Algumas pesquisas sugerem que mulheres que têm níveis sanguíneos mais altos de vitamina D dão à luz bebês com dentes mais fortes. Isso faz sentido porque o esmalte é principalmente cálcio, e a vitamina D é importante para a absorção desse mineral pelo organismo.

Pesquisa dinamarquesa

Para ver se a suplementação de vitamina D durante a gravidez poderia ajudar a proporcionar aos bebês dentes mais fortes, pesquisadores da Universidade de Copenhague conceberam um estudo randomizado, duplo-cego (o melhor tipo de pesquisa). Eles recrutaram 623 mulheres grávidas e as dividiram aleatoriamente em dois grupos.

Um grupo de mulheres começou a tomar 400 UI (unidades internacionais) de vitamina D (uma dose típica encontrada em uma vitamina pré-natal) uma vez por dia a partir da 24ª semana de gravidez. O outro grupo tomou uma dose diária muito maior de vitamina D, de 2400 UI. As pílulas de ambos os grupos pareciam iguais, então as mulheres não sabiam a dose que estavam tomando (um estudo “cego”).

Quando as crianças tinham 6 anos de idade, todas foram examinadas por dentistas que as verificaram quanto a defeitos no esmalte dentário. Note-se que os dentistas também não sabiam qual mãe tinha tomado 400 UI ou 2400 UI (tornando o estudo “duplo-cego”).

Crianças suplementadas com vitamina D tinham esmalte mais forte

Os resultados mostraram que as crianças cujas mães receberam a dose de 2400 UI de vitamina D apresentaram 47% menos defeitos no esmalte do que as crianças cujas mães tomaram a dose mais baixa (e mais típica). Seus dentes de leite e dentes permanentes mostraram essa melhora.

Claramente, o maior consumo de vitamina D ajudou no desenvolvimento e fortalecimento do esmalte infantil. Espera-se que essas crianças tenham não apenas dentes de melhor aparência, mas também dentes mais resistentes a fraturas e cáries.

Outros benefícios para a vitamina D durante a gravidez

Outra pesquisa mostrou mais benefícios para não apenas para bebês, mas também para mães que tomaram doses mais altas de suplementos de vitamina D durante a gravidez. As mães tiveram um risco muito menor de diabetes relacionado à gravidez e pressão alta (pré-eclâmpsia). Além disso, seus bebês eram menos propensos a nascer com baixo peso.

Cuidado com a dose

A vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura, o que significa que pode se acumular na gordura corporal e, por isso, exige cuidado. Especialmente se você tomar vitamina D em gotas, é preciso garantir que você não esteja tomando muito. Com isso em mente, estudos mostram que uma dose de até 4000 UI por dia é segura para a maioria dos adultos.

Converse com seu obstetra

Pergunte ao seu obstetra se tomar doses mais elevadas de vitamina D (talvez 2400 UI por dia) seria sensato durante o terceiro trimestre de gestação. Se achar necessário, mostre-lhe este estudo da JAMA Pediatrics. Juntamente com outros benefícios, você pode dar à luz um bebê com dentes mais fortes.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a ProcuraMed.com

Leia também na ProcuraMed:

Saiba por que as bactérias estão entre os benefícios do leite materno

Deficiência de vitamina B12: uma epidemia silenciosa

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Este post é relacionado as especialidades Obstetrícia e Ginecologia, Pediatria. A lista abaixo são de médicos relacionados a estas especialidades.

VEJA MAIS MÉDICOS