Maratonas de séries e filmes podem ser um perigo

Maratonas de séries e filmes podem ser um perigo para a saúde

Geral,

Com a Netflix e plataformas similares cada vez mais populares, tem sido também comum as chamadas “maratonas” de séries. O hábito já até gerou um termo em inglês – o verbo binge e o substantivo bingers, para esses maratonistas de TV. Apesar de soar como um paraíso para fãs, muitos especialistas em saúde pública estão preocupados sobre os impactos que essa exposição a vários episódios em sequência pode ter em nossa saúde.

A quantidade de material disponível é enorme. Com tantas ofertas, muitas pessoas, em especial as mais jovens, estão trocando exercícios, socialização e até sono por horas e mais horas assistindo a filmes e séries.

Maratona de séries e coágulos sanguíneos

Embora os pesquisadores estejam apenas começando a estudar esse fenômeno, já se sabe sobre alguns riscos. Um estudo publicado no ano passado mostrou que, entre as pessoas de 45 a 64 anos, há uma relação direta entre a quantidade de TV assistida e o risco de desenvolver coágulos nas pernas que se soltam e viajam pela corrente sanguínea.

O estudo mostrou risco 80% maior desses coágulos em pessoas nessa faixa etária que assistiam TV “muito frequentemente” em comparação com pessoas que assistiam TV “raramente ou nunca”. Esse risco foi percebido inclusive em pessoas que eram fisicamente ativas quando não estavam maratonando series.

Escolhas alimentares não saudáveis

Outro ponto de alerta é que as pessoas que assistem compulsivamente (3 ou mais episódios consecutivos) têm muito mais probabilidade de consumir refeições pouco saudáveis. Os bingerssão mais propensos a comer lanches pouco ou nada nutritivos, acompanhados de bebidas em muitas vezes. A consequência são os efeitos metabólicos do comportamento sedentário.

Sedentarismo

Nós dedicamos vários posts para falar sobre o problema do sedentarismo e aumentar a conscientização. Muitas pessoas ficam sentadas em uma cadeira ou no sofá por horas sem se levantar – seja no trabalho ou no tempo livre em casa. Essas pessoas acabam tendo risco muito maior de obesidade (especialmente abdominal), diabetes, derrame e ataque cardíaco.

É importante saber que mesmo quem se exercita fielmente pode ter os efeitos benéficos perdidos se ficar sentado por muito tempo durante o restante do dia. E a compulsão pela TV é uma nova maneira de as pessoas se tornarem sedentárias e pouco saudáveis.

Impactos em diferentes áreas da saúde

Especialistas em sono e em metabolismo dizem que a compulsão por assistir também afeta negativamente a maneira como você socializa com outras pessoas, seu sono e até mesmo sua visão. Parte do problema é que muitas pessoas maratonam séries sozinhas e dedicam menos tempo a relações sociais. Isso pode levar a problemas similares aos que temos apontado que estão relacionados ao excesso de uso das redes sociais, como taxas mais altas de ansiedade e depressão.

Sono prejudicado

Assistir a vários episódios de TV antes de dormir é uma prática comum e que pode destruir seu sono. Isso porque a tela irradia muita luz na faixa azul do espectro, o que inibe a liberação do hormônio melatonina, necessário para um bom sono. E quando você não dorme bem, seus sistemas físico e mental sofrem.

Em resumo, maratonas de séries e filmes trazem muitos efeitos negativos para seu organismo. Um problema leva a outro e todos trabalham juntos para prejudicar sua saúde. E você pode até não suspeitar, mas essas maratonas podem ser uma razão para você não se sentir bem ou não conseguir perder peso.

O que fazer?

Passar muito tempo vendo TV pode ser bom se acontecer raramente e não se tornar um hábito. A cada 30 minutos, procure se levantar e andar por aí. Pause a transmissão às vezes e faça outra coisa. Vá para fora, passeie com o cachorro, cozinhe algo saudável – qualquer coisa que faça você se levantar e se afastar da TV.

Outra dica é tentar maratonar séries junto com outras pessoas – mas sempre lembrando de fazer intervalos frequentes. Depois de cada episódio, fale sobre o que você viu, não deixe o próximo episódio ser iniciado automaticamente. Isso contribui para sua socialização.

Enquanto assistir, coma lanches saudáveis, não fast food. E, para dormir melhor, evite ficar em frente à TV pelo menos uma hora (ou de preferência, duas) antes de ir para a cama.

Aproveite as novas ferramentas que permitem streaming, mas faça isso com inteligência. Não deixe a TV prejudicar sua saúde!

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a ProcuraMed.com

Leia também na ProcuraMed:

Como se livrar da bagunça pode reduzir seu nível de estresse

Uma maneira prática de reduzir a ingestão de álcool

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Este artigo é relacionado a especialidade Endocrinologia e Metabologia. A lista abaixo são de médicos relacionados a esta especialidade.

VEJA MAIS MÉDICOS