distribuir seu exercício semanal

A melhor maneira de distribuir seu exercício semanal

Cardiologia, Fitness

Para termos um estado de saúde ideal, as diretrizes atuais indicam que devemos fazer 150 minutos de atividade física, de moderada a vigorosa, por semana. Esta é a quantidade de exercício necessária para reduzir significativamente o risco de morte prematura e muitas doenças crônicas.

Uma caminhada rápida pode ser considerada uma atividade moderada, enquanto correr é uma atividade vigorosa. As diretrizes sugerem 30 minutos de tal atividade pelo menos 5 vezes por semana. Mas fazer 50 minutos 3 vezes por semana levaria aos mesmos resultados? Ou 5 minutos de atividade moderada a vigorosa 30 vezes por semana?

Um estudo de longo prazo acabou de ser publicado no Journal of American Heart Association e nos dá uma resposta. A conclusão geral foi a de que você pode escolher qualquer duração de atividade, desde que ela some 150 minutos por semana ou mais.

Esta conclusão é uma atualização das diretrizes originais lançadas em 2008, que afirmavam que o exercício precisa ser feito em sessões de 10 minutos de duração para nos fazer bem. No passado, a pesquisa dependia de pessoas que relatavam a duração do exercício, que provavelmente eram impreciso porque muitas pessoas superestimavam a duração das atividades físicas. Hoje em dia, com a possibilidade de usar acelerômetros durante a atividade física, a duração dos exercícios pode ser medida com precisão.

Nova pesquisa sobre exercício

Os indicadores para as novas diretrizes foram realizados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças e pelo Instituto Nacional de Saúde, ambos dos EUA. Este foi um estudo massivo e envolveu a observação de dados de cerca de 5.000 homens e mulheres, com mais de 40 anos, que usaram acelerômetros a partir de 2002. Os pesquisadores acompanharam essas pessoas até 2011 e compararam quantos deles morreram durante esses anos com a quantidade de exercício semanal que faziam.

Duração dos períodos de exercício não é importante

A principal descoberta foi que a duração das “rajadas” de exercício não importavam, desde que o total da semana fosse de 150 minutos ou mais. Mesmo pequenas explosões de exercício, como subir um lance de escadas, contavam o mesmo tempo dedicado à caminhada rápida ou ao tempo na academia.

Risco de morte prematura 50% menor

Os resultados mostraram que 150 minutos por semana eram bons, mas que as pessoas que eram capazes de dedicar cerca de uma hora por dia a atividades de moderadas a vigorosas tinham cerca de 50% menos probabilidade de morrer prematuramente do que pessoas que dedicavam menos de 20 minutos por dia.

Você escolhe o que se adapta à sua vida

A ideia básica é: quanto mais você se move, melhor. Se você não tiver tempo para pelo menos caminhar rapidamente todos os dias, levante-se e faça várias caminhadas curtas. Pegue as escadas em vez de ficar esperando o elevador. Quando você dirige, ao invés de lutar por uma vaga perto de seu destino, estacione mais longe e ande um pouco mais para chegar aonde você quer. Todas essas pequenas coisas se somam e ajudarão você a ter uma vida mais longa e saudável.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a Procuramed.com

Leia também na ProcuraMed:

9 maneiras de saber se você está desidratado

Uma maneira simples de medir sua aptidão física

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Estes são alguns médicos recomendados na ProcuraMed.

VEJA MAIS MÉDICOS