os exercícios após uma infecção por COVID-19

Como retomar os exercícios após uma infecção por COVID-19

Fitness,

Muitos médicos acreditam que depois de uma infecção viral típica, como uma gripe, é normal retornarmos lentamente aos níveis de exercícios que tínhamos antes da infecção. Mas muitas pessoas que se recuperam de uma infecção por COVID-19 estão tendo uma experiência diferente. Acabam ficando muito mais fracas do que esperavam, com fadiga e até dificuldades respiratórias, mesmo depois de pensarem que estavam curadas.

A COVID-19 não é uma gripe comum. Pessoas que eram totalmente saudáveis ​​e fitness ​​antes da doença ficam com inflamação residual do músculo cardíaco (miocardite) e até com coágulos sanguíneos. Em alguns casos, as pessoas não apresentaram sintomas graves durante a infecção aguda pelo novo coronavírus, portanto, essas sequelas de longo prazo surgem de maneira inesperada e indesejável.

Complicações

Um exemplo dessa situação foi descrito por um médico de medicina esportiva ao atender uma paciente atlética. Ela tinha 40 anos, era ciclista, e se queixou de dores nas pernas quando tentou voltar aos exercícios – quando ela pensou que estivesse recuperada da COVID-19. Um ultrassom mostrou obstrução arterial e venosa severa em ambas as pernas. Outra paciente, uma estudante universitária, morreu de coágulos sanguíneos similares nas pernas que chegaram aos pulmões. Felizmente, a ciclista foi tratada e melhorou antes de sofrer qualquer complicação.

Complicações cardíacas

Um estudo recente publicado no JAMA Cardiology envolveu 100 homens e mulheres alemãs, com idade média de 49 anos, que aparentemente haviam se recuperado da COVID-19. A pesquisa apontou que, das 100 pessoas, 78 apresentaram sinais de miocardite. 

Outro estudo, realizado com atletas universitários, mostrou que 15% tiveram algum grau de miocardite após recuperação aparente da COVID-19. A miocardite, ou inflamação do músculo cardíaco, pode levar a um ritmo cardíaco potencialmente fatal durante o exercício, portanto, os médicos têm sido cautelosos ao permitir que atletas voltem a treinar após uma infecção por COVID-19.

Recomendações

Os médicos do reconhecido Hospital of Special Surgery, na cidade de Nova York, publicaram um conjunto de diretrizes para ajudar a aconselhar médicos e pacientes sobre o retorno aos exercícios. As principais recomendações são:

1) Não faça exercícios se ainda estiver doente

Como febre, tosse, dor no peito, falta de ar ou palpitações.

2) Retorne ao exercício lentamente

Mesmo que você tenha apenas sintomas leves de COVID-19, você deve esperar pelo menos 7 dias após todos os sintomas desaparecerem para só então retornar aos exercícios.

3) Comece com intensidade reduzida

Retorne em no máximo 50% da intensidade do exercício pré-COVID.

4) Pare o exercício se os sintomas retornarem

Se você notar dor no peito, falta de ar, palpitações ou febre após retornar aos exercícios, consulte seu médico.

5) Alguns pacientes precisam consultar um cardiologista primeiro

Se você sentiu dor no peito, falta de ar ou fadiga durante a doença, é melhor consultar um cardiologista antes de retornar aos exercícios.

6) Você tem certeza que não teve COVID-19?

Se você estava doente, mas achava que era apenas um resfriado ou uma gripe típica, seria bom consultar seu médico e fazer um teste de COVID-19 para ter certeza, o que ajuda a decidir sobre o retorno aos exercícios.

Ouça o seu corpo

Algumas pessoas tiveram infecção por COVID-19, mas não apresentaram nenhum sintoma (assintomática). Portanto, se você se exercita e percebe que não está se sentindo bem, verifique com seu médico antes de se exercitar mais. Você pode ter tido uma infecção por COVID-19 e não saber. O vírus COVID-19 pode ser agressivo, com uma afinidade particular para o coração e vasos sanguíneos. Portanto, ouça o seu corpo. Se você não se sentir bem ao fazer exercícios, pare e seja examinado por um médico experiente!

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a ProcuraMed.com

Leia também na ProcuraMed:

Como a prática de exercícios reduz as taxas de recorrência de câncer

Por que você deve sorrir, mesmo usando máscara

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Este artigo é relacionado a especialidade Infectologia. A lista abaixo são de médicos relacionados a esta especialidade.

VEJA MAIS MÉDICOS