preparar para uma possível nova onda de COVID-19

Como se preparar para uma possível nova onda de COVID-19

Doenças,

Desde o início da pandemia, nossos posts cobriram vários aspectos da COVID-19: medicamentos, vacinas, formas de aumentar sua imunidade, mas principalmente, medidas que podem ajudar você a não contrair esta doença.

Também discutimos alguns temas que ganharam mais força em função do novo coronavírus, como espiritualidade, solidão, esgotamento, “doomscrolling” e os benefícios de fazer pão e canja de galinha durante a pandemia. Então, conforme a COVID-19 parecia ficar mais sob controle, lentamente adicionamos outros tópicos, como caminhada e respiração saudáveis e como a prática de exercícios ajuda a evitar a recorrência do câncer.

Embora estejamos otimistas de que dentro de 6 meses a situação da pandemia melhorará substancialmente, acreditamos que os próximos meses são um período arriscado. Muitas pessoas estão cansadas de lavar as mãos, manter o distanciamento e usar máscaras. Isso tudo, junto com algumas estatísticas que sugerem que a doença está diminuindo, fará com que muitas pessoas acabem se descuidando. Isso tem acontecido tanto na Europa quanto nos EUA, e é provável que aconteça no Brasil.

Lembre-se de que, embora você e sua família possam estar cansados ​​de todas as restrições de quarentena, o vírus não se cansa. Ele ainda atuará e infectará as pessoas se elas baixarem a guarda. Portanto, hoje vale a pena revisar alguns pontos principais sobre a prevenção da COVID-19, juntamente com algumas informações novas, que dão início à nossa lista:

Dicas para evitar a contaminação por COVID-19

+++ Um estudo lançado em 10 de setembro de 2020 pelo Center of Disease Control (EUA) acompanhou 314 adultos com sintomas de COVID-19. Todos foram testados para o vírus. Cerca de metade testou positivo para a doença, enquanto a outra, embora apresentasse sintomas suspeitos, testou negativo.

+++  Os pesquisadores queriam ver se as pessoas com teste positivo tinham alguma atividade em comum que as pudesse ter exposto ao vírus.

+++  Eles descobriram que uma atividade em particular aumentava a chance de infecção – ter jantado fora de casa nas duas semanas anteriores à infecção.

+++ O resultado foi que pessoas que frequentaram restaurantes recentemente tinham quase o dobro de probabilidade de serem infectadas em comparação com as pessoas que não saíam para jantar.

+++ Quando os pesquisadores analisaram os dados mais detalhadamente, excluindo pessoas que sabiam que tinham tido contato com alguém infectado pela COVID-19, descobriram que, além de restaurantes, ter estado em um bar ou café recentemente também aumentava significativamente o risco de infecção.

+++ O estudo reforça o que já discutimos no blog: é importante evitar comer em restaurantes durante a pandemia, mas, se realmente for necessário, prefira sentar-se ao ar livre. O risco é muito maior no interior, pois você estará perto de pessoas que não usam máscara enquanto comem e bebem.

+++ Pedir para entregar em casa e comprar comida para viagem são opções mais seguras. É melhor esperar alguns meses até termos melhores tratamentos e / ou uma vacina, para então podermos voltar a frequentar restaurantes.

+++  E lembre-se de uma dica importante, não apenas para restaurantes: sempre que precisar fazer algo fora de casa, prefira ambientes abertos.

+++ Se você tiver que estar dentro, tente sentar-se em um local bem ventilado, com sorte próximo a uma janela aberta e afastado 2 metros de outras pessoas, especialmente se nem todos estiverem usando máscara.

+++  Se alguém perto de você não estiver usando a máscara corretamente (por exemplo, apenas com a boca coberta), recomendamos que você se distancie dessa pessoa ou peça a ela que gentilmente fixe a máscara corretamente, para a segurança de todos. Caso contrário, ela estará colocando você e as demais pessoas em um risco maior. Principalmente se você tiver problemas médicos coexistentes, se o lugar não for seguro, é melhor encontrar uma desculpa e, se puder, ir embora.

Esta lista cobre algumas coisas que devemos ter em mente agora que muitas pessoas ficam mais descuidadas sobre as precauções contra a COVID-19. Clique em qualquer um dos textos com link acima para obter mais detalhes sobre coisas específicas que você pode fazer.

Não podemos nos permitir ficar complacentes neste ponto. A COVID-19 é um inimigo furtivo. Ela ainda está ao nosso redor, invisível e pronta para atacar, se formos descuidados.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a ProcuraMed.com.

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Este artigo é relacionado a especialidade Infectologia. A lista abaixo são de médicos relacionados a esta especialidade.

VEJA MAIS MÉDICOS