Ler pode deixar você mais feliz

Ler pode deixar você mais feliz?

Comportamento, ,

Você já ouviu falar em biblioterapia? Nós não tínhamos ouvido esse termo até a última semana. Biblioterapia significa que você pode se tornar mais feliz e até mais saudável se ler mais. Mas não livros de autoajuda – estamos falando sobre leitura de ficção.

Terapia da leitura na história

A prática da biblioterapia pode ser rastreada até os gregos antigos. Acima da entrada da biblioteca de Thebus estava esculpido “Esta Biblioteca é um Lugar de Cura Para a Alma”. Muito mais tarde, Sigmund Freud usou a literatura em sessões de terapia. Após a Primeira Guerra Mundial, os soldados que sofriam de Síndrome de Estresse Pós-Traumático (termo não usado na época) costumavam receber certos livros para ajudá-los a se recuperar.

Pesquisa do cérebro

Antes dos estudos de varredura de ressonância magnética funcional começarem a ser usados para esse tipo de investigação, pesquisas demonstraram que as pessoas que lêem muita ficção tendem a ser mais empáticas. Estudos mais recentes concordam. Pode ser que as pessoas que leem muita ficção sejam mais capazes de imaginar o que os outros estão pensando e sentindo e, assim, consigam lidar melhor com os outros na vida real.

Dr. Keith Oatley, da Universidade de Toronto (Canadá), é autor do Such Stuff as Dreams: The Psychology of Fiction (Como nos Livros: A Psicologia da Ficção, em tradução livre). Ele escreveu: “A ficção é um tipo de simulação que não funciona em computadores, mas em mentes: a simulação de egos em suas interações com outras pessoas no mundo social (…) com base na experiência e envolvendo a capacidade de pensar em futuros possíveis.”

Esta é uma teoria que busca explicar por que ler ficção é bom para nós. Os livros podem agir como bons amigos. Quando mergulhamos em uma história, podemos testar como podemos interagir com outras pessoas no mundo, sem risco de danos duradouros. Segundo os autores do livro The Novel Cure (A Cura pelo Romance, em tradução livre), os romances “têm o poder de transportar você para outra existência e ver o mundo de um ponto de vista diferente”.

The Novel Cure

O subtítulo deste livro, escrito em 2013, é “Do abandono à falta de entusiasmo: 751 livros para curar o que lhe aflige”. O livro foi escrito por dois amigos de longa data que se conheceram na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, há mais de 20 anos. Eles começaram a compartilhar livros uns com os outros e, depois de um tempo, desenvolveram um conhecimento tão grande que criaram uma clínica para ajudar as pessoas a superar uma ampla variedade de problemas de saúde. Eles sugerem certos livros, apropriados para a pessoa e para o problema que ela apresenta. Muitas de suas recomendações estão resumidas no livro autoral, ainda não disponível em português, mas que pode ser baixado e traduzido via Google ou outros serviços.

A biblioterapia funciona?

A biblioterapia passou a ser usada em ambientes que vão de hospitais a prisões e escritórios de muitos psicólogos. Seu funcionamento é apoiado por exames funcionais de ressonância magnética. Ler ficção parece colocar o cérebro em um estado de prazer, semelhante à meditação, com benefícios semelhantes. Estudos mostraram que leitores regulares dormem melhor, têm níveis mais baixos de estresse, maior autoestima e menores taxas de depressão em comparação com pessoas que não têm o hábito da leitura.

Quem, hoje em dia, não precisa de uma fuga segura da realidade? Sugerimos um bom livro como uma boa escapadela e como uma forma de deixar você um pouco mais feliz e saudável.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a ProcuraMed.com

Leia também na ProcuraMed:

O que é e quais os riscos do doomscrolling

Quatro maneiras de diminuir a solidão durante o distanciamento social

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Este post é relacionado as especialidades Clínica Médica, Psiquiatria. A lista abaixo são de médicos relacionados a estas especialidades.

VEJA MAIS MÉDICOS