E-cigarros podem ajudar fumantes

E-cigarros podem ajudar fumantes a parar de fumar

Comportamento, ,

Várias formas de cigarros eletrônicos se tornaram populares em todo o mundo nos
últimos anos. Apesar de mais de 800 estudos já terem sido realizados sobre os
aspectos pessoais e de saúde pública dessa nova tendência, ela ainda gera
dúvidas e controvérsias.

A maior parte da controvérsia gira em torno da segurança – se os cigarros eletrônicos
são mais seguros que os cigarros convencionais. Outra questão é se os e-cigarros
tornam mais fácil para adolescentes e jovens adquirirem o hábito de consumir nicotina,
mesmo que não tenham sido fumantes de cigarro.

Uma terceira questão é se as pessoas que tentam abandonar os cigarros regulares podem deixá-los mais facilmente se fizerem a transição para os cigarros eletrônicos primeiro. Estudos que buscaram esta resposta levaram a alguns resultados. Mas até agora, nenhum dos estudos foi realizado com os mais altos níveis de qualidade – o estudo do tipo controlado randomizado.

E-cigarros duas vezes mais eficazes

Um estudo de alta qualidade, financiado pelo governo britânico e publicado no New England Journal of Medicine, acabou de levar a uma conclusão. Pesquisadores descobriram que e-cigarros são duas vezes mais eficazes para ajudar as pessoas a parar de fumar em comparação com outros produtos de reposição de nicotina, como goma de nicotina ou patches.

O estudo britânico

Os pesquisadores recrutaram 866 voluntários que frequentavam uma clínica para
parar de fumar. Metade dos participantes recebeu um pacote inicial de cigarros
eletrônicos e foi instruída a usar e-cigarros em vez de cigarros tradicionais
no ano seguinte. A outra metade dos participantes recebeu amostras de qualquer
outra medicação de substituição de nicotina que desejassem. O substituto
poderia ser goma de nicotina, pastilha, adesivo de pele ou spray nasal. Todos
os participantes foram acompanhados de perto durante um ano e foram
incentivados a participar de grupos de apoio semanais.

Depois de um ano

No final do estudo, os resultados mostraram que 18% das pessoas que usaram e-cigarros foram
capazes de parar completamente o uso de cigarros regulares. Para o grupo que
usou outras formas de nicotina, pouco menos de 10% conseguiram parar. Além disso,
as pessoas que usaram e-cigarros declararam que eles são mais agradáveis ​​de
usar do que os outros produtos, como adesivos ou chicletes.

Um cuidado

O principal ponto de preocupação, no entanto, foi no final do estudo: cerca de 80% dos
usuários de cigarros eletrônicos ainda usavam seus aparelhos regularmente. Por
outro lado, apenas 9% dos participantes no outro grupo de reposição de nicotina
ainda estavam usando seu algum dos produtos substitutos.

A nicotina é viciante

A nicotina é uma droga altamente viciante, mas ainda assim, a maioria dos especialistas
concorda que fumar um cigarro eletrônico é muito menos prejudicial à saúde do
que fumar cigarros comuns. E-cigarros não têm o alcatrão e muitas outras
toxinas cancerígenas encontradas no fumo do tabaco queimado.

Se você fuma

Você pode considerar a opção de cigarro eletrônico se tiver falhado em outros métodos
para parar de fumar. Você ainda pode estar viciado em nicotina, mas os dados
também sugerem que parar de fumar um cigarro eletrônico é mais fácil do que abandonar
um cigarro tradicional. Além disso, você não estará inalando os carcinógenos do
cigarro. Os efeitos para a saúde do uso a longo prazo da nicotina pura ainda
não são conhecidos.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a Procuramed.com

Leia também na ProcuraMed:

Fumar narguilé é mais seguro que fumar cigarros?

Como se preparar para uma cirurgia eletiva

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Este post é relacionado as especialidades Cancerologia, Pneumologia. A lista abaixo são de médicos relacionados a estas especialidades.

VEJA MAIS MÉDICOS