os animais de estimação estão sendo importantes durante a pandemia

Como os animais de estimação estão sendo importantes durante a pandemia

Comportamento,

Muitos abrigos de animais temiam que, com a pandemia de COVID-19, menos pessoas adotassem animais de estimação. Na verdade, o que aconteceu foi o contrário. Mesmo com a impossibilidade de visitas pessoais, alguns abrigos passaram a promover encontros virtuais entre animais e possíveis adotantes, e o que vimos foi um aumento nas adoções durante a pandemia.

Por que as pessoas estão adotando agora

Pessoas que antes não pensavam em adotar um animal de estimação – seja de um abrigo ou de um criador – decidiram que precisavam da companhia de outro ser em casa. Também muitas pessoas que antes trabalhavam em escritórios tradicionais passaram a trabalhar em casa, com mais tempo para cuidar de um animal de estimação.

Revisaremos por que ter um animal de estimação é algo que melhora a saúde mental e física, mas primeiro vamos dar uma olhada em algumas pesquisas recentes feitas na Universidade de York, na Inglaterra. 

Pesquisadores britânicos analisaram os resultados de pesquisas enviadas a mais de 5.300 proprietários de animais de estimação. Aqui estão algumas de suas descobertas:

87% concordaram que “Meu animal de estimação me ajuda a lidar emocionalmente com a pandemia”

73% concordaram com a afirmação “Meu animal de estimação me mantém em forma e ativo na pandemia”

94% disseram “Meu animal causa efeitos positivos em minha família neste momento”

95% disseram “Não consigo imaginar ficar sem meu animal de estimação neste momento”

Algumas preocupações

Esses resultados mostraram sentimentos extremamente positivos sobre ter um animal de estimação durante a pandemia de COVID-19. Por outro lado,  68% das pessoas entrevistadas disseram que às vezes ficavam preocupadas com seus animais de estimação durante esse período.

A maior preocupação estava ligada ao bem-estar do animal – os donos estavam preocupados por não conseguirem receber cuidados veterinários adequados ou com a possibilidade de não encontrar a comida ou medicamento certo, caso os bichinhos precisassem. Outros temiam que seu animal de estimação não fizesse exercícios o suficiente, e alguns pensaram sobre quem cuidaria de o animal de estimação se todos na casa ficassem doentes.

Benefícios dos animais de estimação para a saúde

Apesar dessas reservas, vários estudos mostraram que as pessoas que possuem animais de estimação, especialmente cães, têm um risco menor de doenças cardiovasculares, além de conseguirem reduzir a pressão arterial e os níveis de colesterol. Não está claro se este é um efeito direto de ter um animal de estimação ou se acontece porque quem tem cães, quase por necessidade, tende a andar mais.

Já mostramos aqui no blog que o simples fato de olhar nos olhos de um cão causa um aumento no nível de oxitocina no sangue, “o hormônio do amor”. Outro benefício de ter um animal de estimação é que crianças que crescem com eles têm menor risco de asma e eczema e, surpreendentemente, menor risco de desenvolver alergia a animais.

Problemas de comportamento

Outro estudo pandêmico, feito pelo Royal Veterinary College de Londres, perguntou a quase 1.300 donos de cães e gatos na Espanha sobre seus animais de estimação. Eles descobriram que 41% dos proprietários disseram que seus animais experimentaram alguns problemas de comportamento durante a pandemia, como latidos excessivos e aumento do medo de serem deixados sozinhos. 

A maioria desses animais de estimação tinha esses problemas antes da crise de COVID-19, e seus problemas pioraram um pouco com a pandemia. Pode ser que os animais de estimação estivessem “absorvendo” algumas das emoções negativas que muitos de nós estamos experimentando. Isso enfatiza que você deve garantir que seu animal de estimação tenha tempo de brincadeira e exercícios adequados para diminuir esses problemas potenciais.

Criando vínculos com seu animal de estimação

Uma descoberta interessante do estudo da Universidade de York foi que, independentemente do tipo de animal de estimação a pessoa tinha, o vínculo psicológico construído é muito forte – desde com uma cobaia quanto com um cachorro. 

Cada pessoa tem suas próprias necessidades e desejos, e algumas pessoas não têm tempo, capacidade ou desejo de ter um gato ou cachorro. É bom saber que quase todos os animais de estimação podem nos ajudar a lidar com isso, e nós, donos e amantes, precisamos cuidar bem uns dos outros!

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a ProcuraMed.com

Leia também na ProcuraMed:

Como o olhar canino pode aumentar nossos níveis do hormônio do amor

Como um cão pode levar você a uma vida mais longa

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Este artigo é relacionado a especialidade Infectologia. A lista abaixo são de médicos relacionados a esta especialidade.

VEJA MAIS MÉDICOS