baixo teor de açúcar ajuda a tratar doença hepática gordurosa

Dieta com baixo teor de açúcar ajuda a tratar doença hepática gordurosa

Comida

A maioria das pessoas nunca ouviu falar de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA). Mas esta doença é importante e está se tornando mais comum, mesmo em crianças. A DHGNA tornou-se uma das principais razões pelas quais as pessoas precisam de transplantes de fígado.

Não há medicação que ajude a tratar esta doença. Porém, um estudo, publicado recentemente no Journal of American Medical Association (JAMA) sugere um tratamento alternativo eficaz: reduzir o teor de açúcar.

O que é a doença hepática gordurosa não alcoólica?

Esta doença é marcada por um acúmulo de gordura no fígado. Em geral, este problema costuma afetar pessoas que bebem muito álcool. Porém, a DHGNA não é motivada pelo álcool, mesmo em pequenas quantidades. Ela acontece, geralmente motivada por uma dieta ruim, com muito açúcar. Por isso, muitas pessoas com DHGNA também são obesas.

A DHGNA é séria?

Depende da quantidade de gordura no fígado. Em casos mais leves, que geralmente não apresentam sintomas, a DHGNA aumenta o risco de diabetes e doenças cardíacas. Em 10 a 20% dos casos, a infiltração de gordura progride e causa problemas mais graves, com inflamação e cicatrizes. Quando isso acontece, o tecido da cicatriz substitui as células normais do fígado.

Eventualmente isso pode progredir para cirrose, insuficiência hepática (requerendo um transplante) ou câncer de fígado – problemas bastante similares aos vividos por pessoas alcoólatras.

Quão comum é essa doença?

Com as taxas de obesidade aumentando nos últimos anos, aumentaram também os índices da doença hepática gordurosa não alcoólica. A DHGNA é mais comum nos países desenvolvidos, onde as pessoas comem muito açúcar e alimentos processados. Nos EUA, estima-se que 20% dos adultos e 10% das crianças têm DHGNA e que de 2% a 3% dos adultos têm a forma mais grave de DHGNA, que pode evoluir para cirrose e câncer de fígado.

A maioria das pessoas que tem a forma mais leve de DHGNA desconhecem seu problema, a menos que seja descoberto em uma ultrassonografia abdominal ou ressonância magnética. As pessoas geralmente só apresentam sintomas se a reposição de gordura das células do fígado continuar a piorar. Nestes casos, elas podem ter dor abdominal, fadiga ou inchaço do abdome. Algumas pessoas desenvolvem a pele amarela característica da cirrose.

Qual a nova pesquisa e tratamento sugerido?

Os pesquisadores do JAMA recrutaram 40 garotos adolescentes que já haviam documentado a DHGNA e os dividiram em dois grupos. Um grupo continuou sua dieta normal, enquanto o outro foi colocado em uma dieta baixa em açúcar. No início do estudo e, no final, depois de dois meses, todos os meninos fizeram exames de ressonância magnética e exames de sangue para verificar a função hepática.

Os pesquisadores foram espertos o suficiente para colocar toda a família do grupo de teste em uma dieta com pouco açúcar. Eles acreditavam que, se toda a família seguisse a dieta, seria mais fácil para os meninos obedecerem. As famílias receberam pacotes de alimentos duas vezes por semana com todos os alimentos (sem adição de açúcar) de que precisavam.

Os meninos do grupo de teste não estavam restritos em calorias. Eles podiam comer o quanto quisessem, mas sem sucos de frutas, refrigerantes, sobremesas doces ou com açúcares adicionados. Os meninos foram autorizados a comer todos os frutos que eles queriam, já que os açúcares naturais nas frutas não são prejudiciais.

Fígados muito mais saudáveis

No final do estudo, os meninos na dieta de açúcar restrito tiveram uma notável redução de 31% na gordura do fígado em comparação com os meninos que continuaram suas dietas normais. As crianças com baixo teor de açúcar também tiveram uma melhora de 40% em seus exames de sangue da função hepática (níveis de ALT).

Outra razão para reduzir o açúcar

Embora este estudo tenha sido feito em crianças, é provável que adultos com fígados gordurosos se beneficiem da mesma maneira. Isso nos dá todas as outras boas razões para evitar adicionar açúcar a alimentos e bebidas, verificar rótulos e escolher itens sem adição de açúcares. Essa mudança não apenas ajudará a perder peso, como também ajudará o fígado a perder gordura e voltar ao normal.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a Procuramed.com

Leia também na ProcuraMed:

Coisas você não sabia sobre o seu fígado

Oito maneiras de manter seu fígado saudável

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Estes são alguns médicos recomendados na ProcuraMed.

VEJA MAIS MÉDICOS