mundo das dietas para perda de peso

O confuso mundo das dietas para perda de peso

Alimentação

Muitas pessoas pensam em perder peso, especialmente depois das férias e no começo do ano novo. Sobre este assunto, há muita informação contraditória na internet, nos livros e na televisão. O resultado é que muitos de nós acabamos confusos sobre qual é realmente uma boa maneira para se perder peso.

História da dieta

Na década de 1860, uma “moda passageira” de dieta inicial, pobre em carboidratos e com alto teor de gordura, acabou popularizada em Londres. Desde então, as tendências de dieta mudaram muitas vezes. Podemos pensar que, quando vemos uma “nova” dieta, ela é realmente algo novo. Mas, provavelmente, ela já foi tentada antes e, como não foi bem-sucedida para muitas pessoas a longo prazo, a moda mudou para outra coisa.

Nos últimos tempos, em especial nos anos 1990, o grande foco estava em dietas com baixo teor de gordura. Na época, acreditava-se amplamente que os carboidratos eram relativamente inofensivos. As campanhas de saúde levaram à redução geral no consumo de gordura, mas, apesar disso, a obesidade se tornou mais prevalente.

Ficou claro ao longo do tempo que a dieta com baixo teor de gordura não era a melhor, e a tendência mudou novamente. Agora, as dietas com alto teor de gordura e baixo teor de carboidratos são consideradas as melhores.

Últimas da Sociedade de Obesidade

Alguém poderia pensar que, depois de toda as pesquisas, os especialistas chegariam a um consenso sobre o que funciona melhor, mas esse não é o caso. Em uma reunião recente da Sociedade de Obesidade, um estudo da Universidade de Stanford mostrou que, desde que o número de calorias fosse constante em ambas as dietas, uma dieta com baixo teor de carboidratos ou uma dieta com pouca gordura eram igualmente eficazes. O outro grande estudo mostrou que a dieta pobre em carboidratos era melhor para manter o peso.

Estudos dietéticos são difíceis

Muitos estudos de pesquisa são de curto prazo, e poucos acompanham as pessoas ao longo de um ano para ver se conseguem manter o peso. A menos que os voluntários sejam mantidos em um ambiente de laboratório por muito tempo (o que é raramente feito), é difícil saber quão bem os participantes mantiveram suas dietas.

Por que as pessoas respondem de maneira diferente às dietas

Uma dieta que funcione para uma pessoa não funcionará tão bem para outra. Algumas pessoas se dão bem com uma dieta de alta gordura “cetogênica”, enquanto outras se saem melhor em dietas sem glúten, em dietas Paleo ou apenas em jejum intermitente. Os cientistas não sabem por que há tão ampla variação individual, mas é assim que funciona.

Concentre-se nisso

A mensagem básica é encontrar uma dieta que você goste e tentar segui-la. Você pode ter que experimentar várias dietas diferentes para encontrar uma que goste. A dieta tem que ser gratificante de algumas maneiras, não apenas focada em privação.

O melhor conselho geral, seja qual for a dieta que você escolher, é evitar alimentos processados, diminuir açúcares simples e substituir grãos refinados (como pão branco) por produtos de grãos integrais, nos quais você realmente vê os grãos. Focar mais na qualidade da comida pode ser sua melhor opção.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a Procuramed.com

Leia também na ProcuraMed:

Dieta a base de vegetais é melhor que medicação para tratar refluxo

6 dicas fáceis para dar sabor a alimentos saudáveis

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Médicos recomendados

Estes são alguns médicos recomendados na ProcuraMed.

VEJA MAIS MÉDICOS