• adoçantes e perder peso

    Adoçantes ajudam a perder peso?

    Pesquisa canadense mostra que pessoas que consomem adoçante são ligeiramente mais propensas a ganhar peso, desenvolver pressão sanguínea alta, diabetes, síndrome metabólica e ter mais “eventos cardiovasculares” (como ataques cardíacos) do que pessoas que não usam adoçantes.

  • estresse pode engordar

    Muito estresse pode engordar?

    Estudo realizado na Inglaterra sugere que o estresse crônico pode aumentar os níveis de cortisol no organismo e levar ao ganho de peso a longo prazo.

  • dicas para controlar peso

    7 hábitos que ajudam a manter o seu metabolismo saudável

    De hábitos de compras à escolha dos alimentos e das bebidas, algumas dicas simples ajudam
    a manter o seu metabolismo saudável.

  • Levantar peso ajuda a preservar o cérebro

    Estudo realizado na Universidade de British Columbia aponta que fazer exercícios de fortalecimento muscular ajuda a preservar o cérebro durante a terceira idade.

  • frutas para perder peso

    Melhores frutas e vegetais para perda de peso

    Estudo com mais de 133 mil voluntários mostra frutas e vegetais que favorecem a perda de peso, os que podem levar ao ganho e os que podem enganar.

  • acima de peso e cancer

    Como a obesidade pode aumentar os riscos de câncer

    Estudo com mais de 5 milhões de pessoas mostra a relação entre obesidade e os riscos do desenvolvimento de diferentes tipos de câncer. Realizado no Reino Unido, o estudo aponta que estar acima do peso pode aumentar de 9% a 62% as chances da doença.

  • mente na musculacao

    O segredo de uma boa malhação? Concentre-se!

    As pessoas que malham muitas vezes se concentram mais em apenas mover o peso e no que está acontecendo ao seu redor, mas isso não lhes traz os melhores resultados. Você precisa usar o poder da sua conexão mente-corpo no lugar disso.

  • fome

    Você vive com fome? Saiba o porquê

    Ao contrário do que se acredita tradicionalmente, a quantidade de calorias ingeridas não é o principal determinante para o sucesso ou fracasso de uma dieta. Pesquisadores ressaltam que, mais importante que a quantidade, a qualidade das calorias ingeridas é que deve ser levada em conta.