• cerebro estimulado

    Seis maneiras de manter o cérebro estimulado

    Quanto mais estímulos cerebrais uma pessoa receber mais lento será o declínio mental durante o envelhecimento, graças a uma espécie de “reserva cognitiva” angariada durante a vida. Estimulação criativa e variação nos hábitos são duas boas abordagens para formar uma “poupança” de tecidos cerebrais para a velhice.

  • hearing loss

    A relação entre perda de audição e declínio mental

    Pessoas idosas com perda auditiva leve ou moderada podem sofrer declínio cognitivo mental de 30% a 40% mais rápido do que indivíduos com audição normal. Os resultados, provavelmente, também se aplicam a pessoas mais jovens.