saindo armario

Sair do armário faz bem à saúde, diz estudo canadense

Um estudo do Centro para o Estudo do Estresse Humano, realizado em Montreal, no Canadá, mostra que gays, lésbicas e bissexuais, em torno dos 25 anos, que viviam “fora do armário” eram mais saudáveis, física e psicologicamente, do que os indivíduos LGBs não assumidos.