sexuality beyond middle age

5 curiosidades sobre sexo na meia-idade

sexualidade e saúde

Em muitas culturas persiste a idéia de que, a partir dos 40 anos de idade, as pessoas perdem gradativamente o desejo sexual. Porém, uma pesquisa mostra que, entre as mulheres, o sexo se torna menos frequente com o passar dos anos, mas a qualidade melhora na mesma escala.

Uma das pesquisadoras sobre sexo mais influentes nos EUA é Gina Ogden, professora visitante da Harvard Divinity School. Ela foi responsável pelo estudo Integração, Sexualidade e Espiritualidade, uma extensa pesquisa sobre a vida sexual das mulheres a partir da meia-idade. O estudo incluiu não apenas o ponto de vista clínico, mas também um quadro espiritual e religioso das voluntárias.

Surpreendentemente, o estudo apontou que o auge da qualidade do sexo entre as mulheres está entre os 60 e 70 anos. A frequência não é tão grande, mas a qualidade é considerada a melhor de suas vidas. A vida sexual ativa na terceira idade também tem aumentado entre os homens, em especial com a popularização dos tratamentos para disfunção erétil.

A seguir você encontra cinco curiosidades sobre o sexo ao longo da idade e algumas dicas para torná-lo mais prazeroso:

Aprender coisas novas

A experiência e o conhecimento são os principais responsáveis pela qualidade do sexo. Muitas pessoas ficam presas nos mesmos padrões sexuais desde os 20 ou 30 anos. Experimentar novas formas de fazer as coisas (antes, durante e pois) vão tornar o sexo mais agradável.

Sexo melhora a saúde em geral

Os orgasmos liberam uma quantidade gigantesca de endorfinas e de óxido nítrico no corpo. Essas substâncias abrem os vasos sanguíneos e ajudam a regular os neurotransmissores. Além disso, pesquisas mostram que é extremamente improvável que alguém tenha um ataque cardíaco ou um problema médico grave durante o ato sexual.

Mais sexo faz você parecer mais jovem

Um estudo feito ao longo de 10 anos e apresentado na Sociedade Britânica de Psicologia mostrou a conexão entre parecer mais jovem e a frequência da atividade sexual. As pessoas que tinham orgasmos três ou mais vezes por semana aparentavam ter de sete a 12 anos a menos do que realmente tinham. As observações foram feitas por pessoas neutras, que confirmaram que a atividade sexual rejuvenesce a aparência física.

Diminua a velocidade e aproveite mais

Enquanto os homens podem ser sexualmente mais focados no corpo e nos órgãos genitais, a sexualidade das mulheres é mais complexa. Para elas, influenciam muito os sons, cheiros, imagens e fantasias – o que pode fazer com que seja necessário muito tempo para deixá-las totalmente excitadas. Um dos motivos do sexo entre pessoas de meia-idade ser considerado de melhor qualidade é porque o tempo de dedicação é maior, e para ambos os parceiros.

Bom exercício para ficar em forma

Muitas vezes, o desejo sexual se correlaciona com a aptidão física. Pessoas com bom condicionamento físico tendem a manter relações sexuais por mais tempo. O condicionamento também pode vir ligado à forma física e, consequentemente, à auto-imagem. Assim, torna-se um ciclo: quanto melhor o quadro físico, mais sexy a pessoa se sente, aumentando o desejo sexual, e o aumento do sexo leva à melhor forma física.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site principal: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Sexo frequente rejuvenesce

Malhar antes do sexo pode diminuir os efeitos colaterais de antidepressivos

Tratamento para dor sexual em mulheres

Esta postagem também está disponível em: Inglês