Mais Saúde

Por que a perda de um animal de estimação pode ser tão difícil

Pode ser surpreendente para alguns, mas muitas pessoas consideram o luto da perda de um animal de estimação pior que a perda de um amigo ou parente. Artigo escrito por um editor do Washington Post, Joe Yonan, aponta para pesquisas que mostram que muitas pessoas experimentam a perda de um animal de estimação com maior intensidade.

Lidar com a perda de um animal de estimação amado é bastante difícil. E pessoas que sentem pesar maior do que sentiriam por um parente também podem se sentir culpados por isso. Essas pessoas podem pensar que não é certo que se sintam piores do que quando uma pessoa querida falece.

Bill Clinton e Buddy

Muitos que se sentem dessa maneira não falam sobre isso porque se consideram tolos, fracos ou defeituosos. Mas algumas pessoas proeminentes falaram sobre a profundidade de sua perda. O ex-presidente Bill Clinton disse em 2002 que a morte de seu cão Buddy, que foi atropelado por um carro, foi “de longe a pior coisa” pela qual passou desde que saiu da Casa Branca.

Não se sinta culpado

Se você se sente assim, a primeira coisa a fazer é reconhecer que seu sofrimento é normal. Você não é uma pessoa má por sentir seu pesar. Todos respondem de forma diferente, tanto na intensidade como na duração do sofrimento. Não se sinta culpado.

A relação entre você e seu animal de estimação é diferente de qualquer relacionamento com qualquer pessoa. Seu cão, gato ou outro animal de estimação era provavelmente um companheiro constante e leal. Pets demonstram amor incondicional e se tornam totalmente dependentes dos donos.

Muitos relacionamentos familiares são difíceis, enquanto relações com nossos animais de estimação são muitas vezes mais simples. Em seu artigo, Joe Yonan observa que seu vínculo com seu cão era “especialmente mais simples do que com meu pai, com quem eu tinha conflitos constantes em relação à religião e à sexualidade, e cujo amor e apoio pareciam sempre ligados”.

Quando você perde um animal de estimação, você pode ter perdido muitos rituais simples, mas significativos, que marcam seu dia. Há algum tempo, escrevemos aqui sobre como ter animais de estimação ajuda a na manutenção da saúde. Uma das razões é que um animal de estimação oferece muita proteção contra a solidão.

O que fazer

Primeiro, deixe a culpa de lado. Expresse seu sofrimento. Encontre amigos simpáticos – de preferência os que também têm animais de estimação, que tendem a entender melhor o que você está sentindo. Clique nos links neste texto ou no link abaixo para obter mais dicas sobre o que você pode fazer para ajudá-lo a curar.

E lembre-se: não há problema algum em procurar ajuda. Se você acha que precisa, busque um psicólogo ou terapeuta que entenda sua causa. Seu veterinário pode ser capaz de sugerir um. Se você não pode fazer isso, tente encontrar um bom fórum online para falar seus sentimentos. Seus sentimentos são sinceros e normais. Apesar da perda, você vai ficar melhor.

Em memória

Buzz 2001-2016

Como superar a morte do animal de estimação? Especialista dá dicas

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Como o olhar canino pode aumentar nossos níveis do hormônio do amor

Por que a perda de um animal de estimação pode ser tão difícil was last modified: janeiro 12th, 2017 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês