Mais Saúde

Como diminuir os erros de medicação em crianças

Se em adultos já é difícil de se descobrir a dose correta para medicamentos líquidos, em crianças essa situação é ainda mais complexa. Um estudo recente mostra que muitos pais cometem erros quando medicam crianças – e, na maioria das vezes, acabam dando doses maiores que as indicadas.

A pesquisa acaba de ser publicada na revista Pediatrics, e envolveu 2.110 pais americanos nos estados de New York, Geórgia e Califórnia. O objetivo da pesquisa era descobrir como diminuir o número de erros cometidos pelos pais na dosagem de medicamentos para seus filhos.

Os pais foram instruídos a dar a seus filhos várias doses de medicamentos líquidos. Alguns usaram uma colher de chá de cozinha para medir o medicamento, alguns utilizaram copos dosadores e outros usaram seringas.

Em geral, 84% dos pais erraram a dose de ao menos um medicamento. Em 68% dos erros, os pais deram medicação demais. De forma alarmante, 21% dos pais deram mais do que o dobro da dose correta em pelo menos uma das vezes. Embora o estudo tenha sido feito nos EUA, é provável que esses erros aconteçam também em outros países.

Dicas para não errar na dose de medicação

Alguns pais erraram ao usar colheres de sopa no lugar de colheres de chá. Os erros também foram maiores quando as doses deveriam ser pequenas. Para evitar que isso aconteça, aqui estão as recomendações da Academia Americana de Pediatria sobre como dar remédio para crianças:

1) Não use colher de chá ou colher de sopa para medir a dose. É fácil trocar uma por outra. Além disso, as colheres variam em tamanho e o risco de erro se torna elevado.

2) Use uma seringa para medir a dose correta de medicamento líquido. Comparativamente, quando se usa um copo de medição, o risco de dar a dose errada é de 4 vezes maior do que quando se utiliza uma seringa. Com a seringa, a medida é mais exata.

3) Se o medicamento não vem com uma seringa, peça ao farmacêutico, mesmo que você tenha que pagar por isso.

4) Certifique-se de que o farmacêutico escreveu para você a dose exata e a frequência que o medicamento precisa ser dado. Tenha certeza de que entendeu e que consegue ler o que o farmacêutico escreveu. Esclareça todas as suas dúvidas antes de sair da farmácia.

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Os efeitos colaterais da pílula para dormir

Aspirina aumenta sobrevivência em casos de cancer

Como diminuir os erros de medicação em crianças was last modified: novembro 3rd, 2016 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês