Mais Saúde

Notícias nutricionais de frutas e vegetais: quantidade e cor

A última reunião da Sociedade Europeia de Cardiologia em Barcelona ganhou as manchetes quando anunciou que não devemos nos preocupar tanto com a quantidade de gordura que comemos. A declaração acabou ofuscando um outra notícia dada no mesmo evento: a de que comer de 3 a 4 porções de frutas e vegetais por dia já é suficiente para a nossa saúde.

As recomendações atuais das sociedades médicas internacionais sugerem que comamos pelo menos 5 porções de frutas e / ou vegetais por dia. Alguns especialistas em nutrição recomendaram 9 porções por dia. Mas este último estudo (chamado de estudo PURE), que analisou mais de 135 mil pessoas de 18 países do mundo por mais de 7 anos, concluiu que não precisamos de tanto.

3 a 4 porções adequadas

A conclusão deste estudo PURE foi a de que 3 a 4 porções por dia (cerca de 375-500 gramas /dia) são suficientes, e que comer mais do que isso não acrescenta melhorias à saúde. As pessoas que comeram mais de 3 a 4 porções não tiveram menor risco de doença cardiovascular ou morte durante o estudo.

Vegetais e frutas cruas são mais saudáveis

Os resultados sugeriram que, embora as frutas e os vegetais fossem altamente valiosos, se você tivesse que escolher entre os dois, os frutos são um pouco mais saudáveis. Além disso, os resultados mostraram que frutas e vegetais crus geralmente são mais saudáveis ​​que cozidas.

Sinta-se livre para comer mais

Apesar deste estudo, nós, no ProcuraMed, encorajamos você a comer mais de 3 a 4 porções por dia. Uma das razões é porque quanto mais frutas e vegetais você comer, menos você precisará comer outros alimentos com mais calorias densas, como carnes e especialmente alimentos ricos em carboidratos simples. Frutas e vegetais estão cheios de fibra e água, e isso nos sacia mais e de maneira mais saudável que outros tipos de alimentos.

Coma um arco-íris de cores a cada dia

Todos os especialistas em nutrição concordam que a melhor aposta não é apenas comer um ou dois tipos por dia, mas comer uma variedade. E a melhor maneira de variar é utilizar as cores.

A diferença de cores nas frutas e vegetais é porque eles têm diferentes fitoquímicos, todos bons para nós de diferentes maneiras. Por exemplo, o azul nos mirtilos é devido a compostos de antocianina, as cenouras são laranja devido a carotenóides e as cebolas vermelhas são ricas em quercetina. Todos atuam em nossos corpos de maneiras diferentes, e todos possuem qualidades antioxidantes.

Cor dos alimentos

Embora existam muitas classificações de cores diferentes, usamos o sistema de classificação simplificado de 4 cores abaixo. Observe que os itens em negrito, apesar de serem muito saudáveis, tendem a ter uma maior concentração de pesticidas. Então, especialmente para estes, tente comprar orgânicos e /ou lave-os bem!

Verde

Brócolis, espinafre, pimentão verde, couve, salsa, abacates, limões, alface escura (não americana)

Laranja/Amarelo

Melão, laranja, papaia, manga, cenoura, milho, batata-doce, abacaxi.

Vermelho / Roxo / Azul

Uva, morango, beterraba, beringela, mirtilo, repolho roxo, pimentão vermelho, tomate, cebola vermelha, melancia, batata roxa.

Branco

Banana, maçã, couve-flor, peras, batatas, cebola, alho.

Mais cor nas refeições em cada dia

Faça o seu melhor para ter um ou mais de cada um desses grupos em sua dieta diária. Isso lhe dará a mais ampla proteção antioxidante. Pense em um arco-íris em cada refeição, todos os dias!

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

O que ex-fumantes podem fazer para reduzir o risco de enfisema?

Cinco razões para comer mais salsa

Notícias nutricionais de frutas e vegetais: quantidade e cor was last modified: setembro 23rd, 2017 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês