alimentos e asma

Alimentos que melhoram ou pioram a asma

As taxas de asma no mundo desenvolvido aumentaram muito nas últimas três décadas. Ainda não se sabe o porquê, mas alguns especialistas acreditam que parte da razão é uma mudança na dieta ao longo do tempo, com mais pessoas comendo fast food e alimentos processados. Hoje, analisamos o que se sabe sobre alimentos que podem piorar ou melhorar a asma.

Um estudo francês foi publicado na Thorax no final de 2016, descrevendo que as pessoas que comem carne curada (como salsichas e presunto) 4 ou mais vezes por semana são 76% mais propensas a relatar piora nos sintomas de asma. O estudo foi realizado ao longo de 10 anos e comparou esse grupo com outro, que não tinha esse hábito.

Por outro lado, um estudo dinamarquês recém-publicado aponta que mulheres grávidas que tomam suplementos de óleo de peixe durante o último trimestre dão à luz crianças com 41% menos probabilidade de desenvolver asma.

Alimentos que melhoram a asma

1) Alimentos ricos em vitamina D

Para os asmáticos, a vitamina D é provavelmente a mais importante. Pessoas com condições pulmonares melhoram quando têm níveis mais elevados dessa vitamina. Você pode obter vitamina D de alimentos (como ovos, queijo e leite), luz solar, ou suplementos. Nutricionistas sugerem suplementos de vitamina D para muitas pessoas, especialmente idosas.

2) Alimentos ricos em beta-caroteno e Vitaminas C e E

O pigmento vermelho beta-caroteno é encontrado em muitas frutas e vegetais coloridos, incluindo cenouras, manga, mamão, abóbora, batata-doce e espinafre. No corpo, ele é convertido em vitamina A. Junto com as vitaminas C e E, o beta-caroteno é um forte antioxidante que diminui inflamação e inchaço do pulmão.

3) Alimentos ricos em magnésio

A maior ingestão de magnésio está associada com melhor função pulmonar. Boas fontes desse mineral incluem espinafre, sementes de abóbora, chocolate escuro e salmão.

4) Ômega-3

O estudo dinamarquês é apenas um dos que mostram os efeitos benéficos dos ácidos graxos ômega-3 sobre a função pulmonar, provavelmente por causa de suas propriedades anti-inflamatórias. O ômega-3 pode ser encontrado em sementes e peixes gordurosos, como salmão, sardinhas e atum. Como não costumamos consumir peixes com muita frequência, algumas pessoas podem considerar a ingestão de suplementos.

 Alimentos que pioram a asma

1) Gordura trans

A gordura trans é encontrada em margarinas e em muitos produtos de padaria embalados. Se você tem asma, verifique o rótulo dos alimentos – se tiver qualquer porcentagem de gordura trans, não compre. Mas não são todos os produtos que possuem rótulo, como pães e bolos. Se for possível, converse com alguém da equipe de preparo para se certificar.

2) Alimentos processados, especialmente carnes curadas

O estudo francês mencionado confirma isso, e pesquisas anteriores sugerem o mesmo. Provavelmente a causa sejam os produtos químicos adicionados a esses alimentos.

3) Sulfito e outros conservantes

Sulfitos são comumente encontrados em vinhos, frutas secas e alguns produtos em conserva. Verifique o rótulo. Minimize a ingestão de produtos com aditivos químicos, conservantes, corantes e aromas.

4) Qualquer alimento que você é alérgico

Muitas pessoas com asma não têm alergias alimentares. Em outras, a alergia alimentar poderá desencadear ataques de asma.

5) Alimentos que produzam gases ou pioram refluxo ácido

Para algumas pessoas, gás extra intestinal pode empurrar para cima o diafragma, desencadeando mais ataques de asma. Muitos asmáticos também têm refluxo ácido – que, quando chega ao esôfago, pode desencadear asma. Corte quaisquer alimentos que pioram o refluxo e evite comer por pelo menos 2 horas antes de deitar.

6) Obesidade

A obesidade torna a asma (e muitas outras condições pulmonares) pior. Manter um peso saudável é importante. Uma dieta mediterrânea, em especial, pode ajudar você a controlar seu peso e diminuir os ataques de asma.

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Esta postagem também está disponível em: Inglês