açafrão para saúde

Açafrão é o termo mais procurado no Google

A palavra açafrão foi o termo relacionado a alimentação mais procurado na ferramenta de buscas do Google no último ano. É o que mostra o relatório Food Trends 2016, que aponta as tendências de buscas na Internet. De novembro de 2015 a janeiro de 2016, o número de pesquisas utilizando o termo aumentou em 56%. Mas por que esse interesse repentino?

A cúrcuma é o componente ativo em açafrão. Ela é classificada pelo Google e por muitos nutricionistas como um “alimento funcional” – ou seja, é consumida não apenas para a nutrição básica, mas também para as qualidades adicionais que promovem a boa saúde e/ou para prevenir doenças. Aqui no blog, por exemplo, já falamos sobre os efeitos positivos do açafrão no tratamento da síndrome de estresse pós-traumático e doença de Alzheimer.

É cada vez maior a frequência com que recebemos anúncios de “alimentos funcionais”, “nutracêuticos”, e mesmo “superalimentos”. O açafrão é muito provavelmente um superalimento autêntico, não apenas algo comercializado para dar grandes lucros comerciais.

Por que a açafrão é tão saudável?

A cúrcuma é um forte antioxidante que ajuda a limpar os radicais livres oxidativos prejudiciais, que são constantemente formados em nossos corpos como consequência do envelhecimento normal. Eles também são aumentados por questões potencialmente evitáveis como a poluição, obesidade e exposição excessiva ao sol sem proteção. Além de inativar os radicais livres, a cúrcuma parece ajudar a ativar o potencial antioxidante do nosso próprio organismo.

Ela também diminui o nível geral de inflamação no corpo. A inflamação é um fator importante no desencadeamento de uma série de doenças, incluindo o câncer, Alzheimer e doenças do coração. É claro que nosso corpo precisa de um nível de inflamação, como acontece quando combate infecções. Mas a inflamação crônica, mesmo em níveis baixos (causada, por exemplo, por gengivite crônica), é o tipo de inflamação que pode levar a problemas graves.

Há, ainda, muitas outras condições físicas com indícios de melhora quando tratadas com cúrcuma. Entre elas estão:

– Doenças neurodegenerativas, como Alzheimer, Parkinson e esclerose múltipla

– Reumatóide e osteoartrite

– Problemas digestivos, incluindo doença inflamatória do intestino, colite ulcerativa, e dispepsia

– Doença cardiovascular

– Colesterol elevado

– Diferentes tipos de câncer

Algumas dessas condições e os resultados positivos alcançados no tratamento com cúrcuma serão tema de posts publicados em breve. Em nosso próximo post, vamos discutir como adicionar açafrão à sua dieta de forma a maximizar os benefícios, aliando ao bom gosto.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

5 razões para começar a comer pasta de amendoim

4 bebidas que melhoram a saúde

Esta postagem também está disponível em: Inglês