Mais Saúde

Como a dança ajuda a aumentar nosso cérebro

O hipocampo é uma área do cérebro essencial para fixar nossa memória de curto prazo. A partir da meia idade, nosso hipocampo encolhe cerca de 2% a 3% por década a mais que vivemos. A partir dos 70 anos, ele pode diminuir até 1% ao ano. Mas um estudo alemão mostrou que a dança impede esse encolhimento, e até mesmo ajuda o crescimento do hipocampo.

Publicado na Frontiers in Neuroscience, o estudo utilizou técnicas avançadas de ressonância magnética. Nele, os pesquisadores compararam o tamanho do hipocampo após dois tipos diferentes de programas de exercícios. Vinte e seis homens e mulheres saudáveis, com idade média de 68 anos, concluíram o estudo, que durou 18 meses. Os resultados mostraram que a dança era o melhor exercício para o crescimento do hipocampo.

A pesquisa sobre dança e o hipocampo

Os voluntários foram divididos aleatoriamente em dois grupos. Um grupo fazia o treinamento aeróbico “tradicional”, com atividades como ciclismo estacionário e caminhada. O outro grupo tinha aulas de dança supervisionadas. A cada duas semanas, os participantes mudavam para um novo estilo de dança, como jazz, dança de salão, mambo e cha cha cha.

Os movimentos de dança foram desenvolvidos para produzir uma variedade de desafios diferentes para o cérebro e o corpo. Eles incluíam giros de cabeça, saltos, pulos, posições de uma única perna e várias mudanças no centro de gravidade. Esses movimentos exigiam atenção para evitar quedas. Os dançarinos também aprenderam vários movimentos de braços, intencionalmente colocando-os fora de equilíbrio.

As aulas de fitness e dança duravam 90 minutos e eram feitas uma ou duas vezes por semana. Várias partes do hipocampo e áreas vizinhas do cérebro foram medidas no início do estudo e após 18 meses. Felizmente, e ao contrário do que normalmente ocorre com a idade, o hipocampo de todos os participantes cresceu. Os pesquisadores acreditam que isto foi devido ao crescimento de células nervosas no hipocampo.

Dança inverte o envelhecimento cerebral

Os participantes do estudo mostraram mudanças no cérebro, ao contrário do que acontece na demência e na doença de Alzheimer. Em vez do encolhimento esperado, seus cérebros cresciam. Embora o crescimento tenha acontecido com todos os participantes, apenas no grupo de dança houve crescimento em várias “subáreas” do hipocampo, como o “subiculum”. Além disso, apenas os dançarinos mostraram melhorias em suas habilidades de equilíbrio geral.

Por que a dança é melhor para o cérebro?

Os pesquisadores acreditam que os dançarinos tiveram melhor desempenho porque a dança apresenta maior variedade de desafios em comparação com o treinamento de resistência tradicional e repetitivo. A dança envolve estresses sempre variados para o sistema visual e para o sistema de equilíbrio do ouvido interno. Nossos músculos e pele recebem estímulos de mudança constantes quando dançamos, o que não é tão intenso no ciclismo e nas caminhadas.

Os dançarinos também precisavam se lembrar de rotinas de dança e fazer os movimentos apropriados sob pressão do tempo, muitas vezes sem indícios do instrutor. A variedade de desafios mentais, físicos, sensoriais e visuais é o que ajudou mais os dançarinos.

O hipocampo pode produzir novas células por toda a vida

Pesquisas anteriores mostraram que o hipocampo é uma área que pode desenvolver novas células nervosas durante toda a vida. Isso é maravilhoso, já que o hipocampo é uma das áreas mais afetadas pela demência. A dança parece ser a melhor maneira de evitar o encolhimento e levar até mesmo ao crescimento desta parte crítica do nosso cérebro.

Nem todos podem, ou devem, fazer slackline ou balé à medida que envelhecemos, mas a maioria de nós pode dançar. Melhor ainda se você puder dançar em grupo, com várias rotinas que você precisa memorizar e reproduzir. Se você não pode fazer isso, dance sozinho em casa. Ligue uma música boa e, assim como você treina para ganhar massa muscular, dance para estimular seu cérebro a crescer. Divirta-se ao mesmo tempo em que reverte o envelhecimento do seu cérebro!

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Estudos mostram que exercícios ajudam tratar a depressão

Como evitar dor na região lombar

Como a dança ajuda a aumentar nosso cérebro was last modified: setembro 11th, 2017 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês