Alzheimer Conference

Últimas notícias da Conferência Internacional de Alzheimer

A Conferência Anual Internacional da Associação de Alzheimer foi realizada na semana passada em Toronto, no Canadá. Os especialistas acreditam que o tratamento leva a melhores resultados quando feito nos primeiros estágios da doença. Por isso, muitos estudos são direcionados para a detecção precoce.

A seguir, listamos algumas das principais apresentações da conferência.

Diagnóstico em homens e mulheres

Acreditava-se que 2/3 dos casos de Alzheimer ocorrem em mulheres. Embora a incidência, segundo estudo, é mais ou menos igual em ambos os sexos, a doença não é tão bem reconhecida e diagnosticada em homens.

Segundo pesquisadores da Mayo Clinic, os homens, em geral, apresentam outros sintomas antes da usual da perda de memória. Eles podem apresentam alterações de comportamento ou movimento ou problemas de fala nos estágios iniciais. Mas como as alterações de memória são os sintomas mais evidentes, o diagnóstico precoce em homens acaba sendo difícil de se fazer.

Profissões e hábitos alimentares com menor risco

Pesquisadores identificaram que há algumas profissões que oferecem risco maior de desenvolvimento da doença. Em geral, pessoas que se envolvem em trabalhos mais complexos acabam moderadamente mais protegidas. Entre os profissionais com maior complexidade de trabalho estão médicos, psicólogos, advogados, professores e engenheiros, cujo trabalho envolve processamento de informações e pensamentos mais complexos.

Por outro lado, as ocupações menos complexas oferecem maiores riscos. Entre elas estão as de caixa, operador de máquina e repositor de supermercado. Em geral, pessoas que, na maioria das vezes, trabalham cumprindo ordens quase que de maneira automática acabam sob risco mais elevado de desenvolver a doença.

Os pesquisadores também acreditam que as ocupações mais complexas podem ajudar a proteger o cérebro contra os danos causados por uma “dieta ocidental”. Esta dieta, que aumenta o risco de Alzheimer, inclui carne vermelha, alimentos processados, pão branco, batatas brancas e alimentos açucarados.

Prevenção do Alzheimer

Outro estudo apontou que, assim como a profissão, pessoas com interações sociais complexas também são menos suscetíveis a desenvolver Alzheimer. Então, se seu trabalho não exige pensamentos mais complexos, é possível compensar isso desenvolvendo relacionamentos profundos com outras pessoas. Por exemplo, relações de tutela e de ajuda no desenvolvimento de outras pessoas são especialmente complexas.

Alterações de personalidade

Uma nova condição, chamada de “deterioração comportamental leve”, pode vir anos antes da doença de Alzheimer. Essa condição inclui algumas alterações como de movimento, comportamento e fala, assim como tristeza, desorientação, episódios de pânico, agressividade, teimosia, comportamento de manada e abuso de substâncias.

O estudo que identificou essa condição alerta para que o Alzheimer seja um diagnóstico considerado, principalmente se a pessoa foi idosa e apresentar os sintomas por pelo menos seis meses, sem outras causas óbvias. Com o tratamento precoce, as chances de obter melhores resultados são maiores. A consulta com um neurologista é a melhor maneira de realizar testes para a doença.

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Que tipo de exercício é melhor para o cérebro?

A comida afeta o seu cérebro?

Esta postagem também está disponível em: Inglês