H1N1 gripe virus

H1N1: o que você precisa saber

A H1N1, que já foi chamada de gripe suína, tem se mostrado uma ameaça em algumas regiões do país, onde a estação da gripe começou mais cedo. Por isso, preparamos uma lista com tudo o que você precisa saber para se proteger da gripe e de falsas ameaças.

A H1N1 é a mesma gripe suína?

Existem vários tipos diferentes de vírus da gripe, e alguns deles começaram em animais. Ao longo dos anos, os vírus podem sofrer mutações e se espalhar para os seres humanos. O vírus H1N2 começou originalmente em suínos, se espalhou para pessoas que manipulavam os porcos e, por fim, atingiu a população em geral. Ele ganhou fama em 2009, quando circulou em todo o mundo. Agora, ele volta a cada ano. A H1N1 é mais preocupante porque pode causar mais complicações, como pneumonia, especialmente em pessoas com problemas de saúde pré-existentes.

Os sintomas são diferentes da gripe regular?

Basicamente, os sintomas são os mesmos que outros tipos de gripe: febre, tosse, dor de garganta, nariz escorrendo ou entupido, dores no corpo, dor de cabeça, fadiga e dor de estômago. As pessoas com a gripe H1N1 podem ser sentir mais doentes do que pessoas com outras cepas de gripe e são mais propensas a ter dor de estômago.

Por quanto tempo as pessoas infectadas podem transmitir a doença?

Se você tem essa gripe, você é contagiar outras pessoas a partir de um dia antes de notar os sintomas. O ciclo infeccioso dura até cerca de 7 dias depois que você começar a ter sintomas.

Se eu estiver contaminada, como faço para não passar para outras pessoas?

Os vírus da gripe são espalhados quando as pessoas espirram ou tossem. Nessas ações, gotículas de vírus se espalham no ar ou em superfícies. Se outra pessoa toca essas superfícies e depois coloca a mão nos olhos, nariz ou boca, o vírus pode infecta-la. Então, os melhores conselhos são:

—Lave bem as mãos e /ou use álcool gel com frequência durante a temporada de gripe, especialmente se você passa por locais públicos ou costuma tocar em superfícies públicas (como um corrimão ou um elevador).

—Evite tocar seus olhos, nariz e boca, a menos que você tenha lavado as mãos antes.

—Evite apertos de mãos e beijos para cumprimentar as pessoas, especialmente se elas estiverem infectadas.

—Tome a vacina. A campanha de vacinação no Brasil é de 30 de abril a 20 de maio, e pessoas em grupos de alto risco podem receber a vacina gratuitamente em centros de saúde comunitários. A vacina também está disponível em clínicas privadas.

A vacina funciona?

Tomar a vacina é muito vantajoso, ainda que ela esteja longe de ser perfeita (já que diminui o risco de contrair a gripe em cerca de 60%). Se você pegar a gripe e estiver vacinado, estará menos propenso a ter sintomas graves ou complicações como pneumonia. Mesmo se você foi vacinado no ano passado, você deve tomar a vacina novamente, no início de cada temporada de gripe. As alterações de vacina anual são feitas para barrar os vírus que estão em circulação.

Qual o melhor tratamento?

Especialmente se você tem uma doença crônica, como diabetes ou asma, e começa a sentir os sintomas da gripe, entre em contato com seu médico ou centro de saúde. Mas a maioria das pessoas melhora apenas com medicamentos que reduzem os sintomas, comprados em qualquer farmácia. Ficar em repouso e se manter bem hidratado também é aconselhável.

Antibióticos ajudam no tratamento?

Não, os antibióticos não ajudam. Eles atuam apenas em bactérias, e gripe é causada por um vírus. No entanto, há uma medicação (não um antibiótico) chamado Tamiflu que ajuda a reduzir os sintomas e a diminuir o risco de complicações. Ela age melhor quando tomada no prazo de 48 horas após o início dos sintomas.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

6 mitos sobre HIV e AIDS

Um comprimido diário pode prevenir a AIDS?

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Tags : , ,