o melhor exercício para o cérebro

Que tipo de exercício é melhor para o cérebro?

Já falamos aqui no blog como o exercício é bom para a formação de novas células cerebrais, mas que tipo de exercício é o melhor para o cérebro? Um estudo realizado na Finlândia e que acaba de ser publicado no Journal of Physiology tentou responder a essa pergunta.

O estudo comparou corrida, musculação e treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT). Os resultados apontaram que a corrida gera os melhores resultados para a formação de novas células cerebrais na parte hipocampo do cérebro, área importante para a memória e aprendizagem.

Experimento

A melhor maneira para estudar mudanças no cérebro é olhando para o tecido cerebral sob o microscópio. Como você pode imaginar, isso é muito difícil de ser feito em seres humanos, mas é muito factível em ratos. Cientistas acreditam que a fisiologia do cérebro de rato é muito semelhante ao de seres humanos, de modo que os estudos feitos em ratos alcançam alta relevância.

Nesse estudo, os pesquisadores da Universidade de Jyväskylä injetaram nos ratos uma substância que é absorvida por células do cérebro recentemente formadas. Desta forma, eles poderiam contar o número de novas células cerebrais formadas quando analisaram os cérebros sob o microscópio, no final da experiência.

Depois de injetar a substância, eles separaram os ratos em três grupos. Um grupo fez apenas corrida (naquelas rodas típicas que ficam dentro das gaiolas). O segundo grupo fez o equivalente a HIIT: correram em alta velocidade durante três minutos, seguido de dois minutos de caminhada lenta. Eles repetiram esta sequência mais duas vezes, em um total de 15 minutos. E o terceiro grupo fez apenas musculação (e fizeram isso amarrando pequenos pesos nos rabos dos ratos, fazendo-os subir pequenas paredes com o peso).

Os três grupos fizeram os exercícios correspondentes durante o mesmo período diário. Depois de sete semanas de experimentos, eles foram sacrificados e tiveram os cérebros analisados.

Resultados no cérebro

Os resultados foram que os ratos que fizeram apenas o programa de corrida tiveram o maior número de células cerebrais renovadas. Os que fizeram o programa HIIT desenvolveram algumas células novas, mas muito menos do que os ratos que fizeram o programa de corrida pura. E os ratos que fizeram apenas o treinamento do peso, embora tenham se tornado muito mais fortes no final, não desenvolveram um número significativo de novas células cerebrais.

Os pesquisadores acreditam que este estudo é diretamente relevante para os seres humanos. Dra. Miriam Nokia, pesquisadora-chefe do estudo, diz que a corrida funciona melhor para a formação de novas células porque correr estimula a formação de mais “fator neurotrófico derivado do cérebro”. Essa substância é similar a hormônios encontrados em animais e em humanos que estimulam a formação de novas células cerebrais.

Então, se você é fã de musculação ou de HIIT, mas se preocupa também com seu cérebro ao longo dos anos, lembre-se de adicionar períodos de corrida em seu treino. Ela também pode ser alternada com treinamentos aeróbicos como caminhada rápida e bicicleta.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Trabalhar em ambientes ecológicos faz bem ao cérebro

Falar mais de um idioma torna o cérebro mais forte

Esta postagem também está disponível em: Inglês