O exercício extremo e rabdomiólise"

O exercício extremo tem um perigo, e ele se chama “rabdomiólise”

O American Journal of Medicine noticiou recentemente sobre uma mulher de 33 anos que, a partir do dia seguinte à sua primeira aula de spinning, observou o aumento de uma dor latejante nos músculos das pernas. Ela estava fraca, com náuseas e sua urina ficou castanha escura. Ela desenvolveu uma condição rara, mas que tem sido vista com mais frequência, chamada rabdomiólise.

A paciente precisou realizar diálise renal e ficar hospitalizada por duas semanas para se recuperar. O que aconteceu foi que sua aula de bike foi tão intensa que estava levando alguns de seus músculos à morte, o que fez com que derramassem suas proteínas musculares na corrente sanguínea. As proteínas, principalmente a mioglobina, fizeram com que seus rins não funcionassem, exigindo diálise.

O artigo da revista médica observou pelo menos 47 pessoas que desenvolveram rabdomiólise após aulas de spinning. Para 42 delas, isso aconteceu após a primeira aula. Essas pessoas estavam fisicamente aptas, mas as demandas da classe eram demais, levando à quebra dos músculos. A maioria era de atletas que ultrapassavam seus limites, em alguns casos porque não queriam parecer fracos na frente dos outros.

O que causa rabdomiólise

A rabdomiólise pode ocorrer após um acidente com traumatismo muscular, raramente como reação à medicação, ou em pessoas que foram pressionadas demais em atividades físicas, como soldados ou corredores de maratona. Embora possa ocorrer após qualquer atividade física extrema, os casos mais recentes envolveram aulas de bike. Essas pessoas estavam em boas condições físicas, mas não estavam acostumadas a exercícios tão extremos.

Sintomas

As pessoas se sentem especialmente cansadas e fracas após o treino. Nos dias seguintes, ficam ainda mais fracas e os músculos afetados podem inchar. Também sentem náuseas e vômitos, febre e urina marrom ou avermelhada.

Tratamento

Se você suspeita que está tendo essa condição, você precisa ir a um médico ou hospital sem demora. O tratamento requer hidratação agressiva para limpar as proteínas musculares do seu sistema e, em casos mais graves, diálise. Se diagnosticado e tratado precocemente, a maioria das pessoas se recupera sem complicações a longo prazo, mas casos mais graves ou diagnosticados tardiamente podem resultar em insuficiência renal crônica.

Prevenção

Mantenha limites razoáveis em seus exercícios, especialmente nas aulas que você faz com outros alunos e que lhe exigem mais esforço. Seja especialmente cuidadoso se é sua primeira aula ou se é uma nova atividade para você. Saiba que não há problema em sair mais cedo de uma aula, caso não se sinta bem para ir até o fim – não dê o seu poder a um treinador ou aos outros alunos.

Antes de tentar uma classe de exercícios extremos, como spinning, faça um leve giro em uma bicicleta estacionária e aumente lentamente. Para manter seu sistema e rins funcionando bem, sempre tenha uma garrafa de água com você durante a aula e mantenha-se hidratado antes, durante e depois do exercício. Tenha especial cuidado quando se exercita em condições quentes.

Embora esta seja uma condição rara, ela está se tornando mais comum, já que as pessoas estão se desafiando em situações de exercícios de classe mais intensas. O exercício vigoroso sempre causa algum dano muscular – é assim que os músculos crescem. Mas, em excesso, pode ser perigoso. Conheça e respeite seus limites.

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

O exercício HIIT pode manter suas células mais jovens?

9 maneiras de saber se você está desidratado

Esta postagem também está disponível em: Inglês