Mais Saúde

Nove dicas para melhorar um estilo de vida sedentário

Em nosso último post, “Sentar por muito tempo pode anular os benefícios do exercício”, falamos que “atividades físicas light”, feitas durante o dia, como levantar-se da cadeira, é provavelmente mais importante para a saúde do que o tempo dedicado à malhação planejada.

Hoje, apresentamos nove dicas fáceis de serem incorporadas à rotina de quem passa longas horas sentado devido ao trabalho, ao estudo ou até por diversão, como ver tv, falar com amigos pela Internet e jogar.

A principal regra a ser seguida é movimentar o corpo, de alguma forma, a cada 30 minutos no mínimo. E aqui vão as dicas:

1. Caminhe mais, dirija menos

Se puder, ande ou vá de bicicleta para o trabalho. Além de se exercitar, você economiza em combustível e ajuda o meio ambiente. Nos grandes centros urbanos, onde congestionamentos e falta de vagas para estacionar elevam os níveis de estresse em motoristas, a caminhada se revela como uma alternativa mais saudável e, muitas vezes,  mais rápida que o carro.

2. Mesmo que você precise dirigir ou usar transporte coletivo, ande um pouco

Ao invés de estacionar bem próximo ao seu destino, pare o carro ou desça do ônibus um pouco antes. Seu corpo irá agradecer a essa modesta iniciativa.

3. Use as escadas ao invés do elevador

Subir e descer escadas são uma ótima maneira de exercitar os músculos grandes das pernas. Esta atividade ajuda a liberar enzimas dessa musculatura, responsáveis pelo combate da gordura corporal.

4. No trabalho: levante-se e caminhe, mesmo que uns poucos passos, a cada 30 minutos

O ideal é andar por um minuto ou mais, mas até mesmo um pouco já ajuda. Evite almoçar em sua mesa e caminhe mais vezes até seu colega de trabalho ao invés de chamá-lo até você ou conversar por mensagens ou pelo telefone.

5. Se você não consegue se levantar e andar no trabalho, adote outras medidas

Quando está ao telefone, por exemplo, aproveite para ficar em pé. Nesta posição, você gasta três vezes mais calorias que falar sentado. E, enquanto estiver sentado, movimente os dedos dos pés e procure mudar a posição de sua cadeira com regularidade.

6. Alongar-se, mesmo em sua mesa, melhora o desempenho sanguíneo e fortalece as articulações

Para alcançar esses benefícios, faça movimentos circulares com os tornozelos, eleve as pernas moderadamente e estique bem os dedos dos pés para alongar a panturrilha, estique os braços acima da cabeça, role seu pescoço e ombros, e contraia e relaxe os músculos do glúteo de vez em quando.

7. Use algum equipamento de exercício no escritório

Manter um ou dois pesos de mão em sua mesa de trabalho ou até uma simples  “bola de stress” é especialmente recomendável para quem trabalha em frente ao computador e digita o tempo todo. Esse exercício alonga e fortalece as mãos, os dedos e músculos do antebraço. Se tiver tempo, uma idéia é sair para se alongar em uma área externa ou caminhar.

8. Sente-se em uma bola de yoga em vez de uma cadeira

Popular na Califórnia e  entre entusiastas do yoga, sentar-se sobre a bola exige mais força e energia de suas costas, do abdômen e das pernas para manter o equilíbrio.

9. Considere uma mesa em pé

Esta é umas das novidades mais recentes. Para mais detalhes, confira o artigo da revista Wired sobre o tema.  De acordo com um estudo, a pessoa que puder ficar em pé duas horas e meia do seu dia, ao invés de sentada, pode perder 9 quilos em um ano. O movimento queima calorias extras. No entanto, sapatos confortáveis são essenciais.

Quanto mais medidas você adotar para reduzir seu tempo sentado – e quando estiver nessa posição, deve mover-se e esticar-se -, mais saudável será seu estado metabólico e maiores as chances de viver mais.

Como um bônus adicional, movimentar-se e mudar de posição estimula o cérebro e ajuda no bom desempenho intelectual. Você pode se tornar mais criativo e produtivo, além de tornar seu trabalho mais agradável.

Caso você necessite encontrar um médico, pode fazê-lo em nosso site: www.procuramed.com.

Nove dicas para melhorar um estilo de vida sedentário was last modified: agosto 7th, 2012 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês