Mais Saúde

O raio X da musculação: sem dor, sem ganho?

Para alcançar bons resultados na musculação, é preciso treinar com pesos pesados? A maioria de nós aprendeu que sim e, por isso, muita gente acha a musculação desagradável. Mas é bom saber que existe a possibilidade de ter bons resultados usando pesos leves.

Isso é o que aponta estudo recente realizado no Canadá. As descobertas dos pesquisadores da Universidade de McMaster, em Ontário, foram publicadas recentemente no Journal of Applied Physiology.

O estudo envolveu 49 homens jovens e saudáveis que haviam praticado treinamento de peso por um ano ou mais. No início do estudo, todos passaram por testes de resistência, aptidão e de sangue (de hormonas). Em seguida, eles foram divididos aleatoriamente em dois grupos.

Cada grupo malhou 4 vezes por semana, no total de 12 semanas. A um grupo foi atribuído o programa de levantamento de peso tradicional, usando pesos pesados. Ao outro, foi atribuída uma rotina mais leve.

O grupo de peso pesado tradicional levantou pesos que estavam entre 75% a 90% de seu máximo tolerável. As séries correspondiam a levantar os pesos o máximo de vezes possível. Para a maioria dos homens, essa sequência ficou em 10 repetições de levantamentos.

Já o outro grupo se exercitou com pesos de 30% a 50% do peso máximo tolerável. Assim como os demais, eles realizaram o treino erguendo os pesos o máximo de vezes possível. Como era previsto, a maioria dos voluntários deste grupo realizaram séries com muito mais levantamentos – até 25.

No final do estudo, todos os homens foram submetidos aos mesmos testes de hormona, resistência e aptidão que haviam sido aplicados no início do estudo.

Resultados de musculação identicais

Ambos os grupos apresentaram, ao final do estudo, melhorias idênticas. O crescimento muscular foi o mesmo entre os participantes. Também não houve diferença nas alterações hormonais nos dois grupos – todos mostraram aumentos idênticos em níveis de testosterona e hormônio de crescimento.

Os autores concluíram que a principal questão para a obtenção de resultados não é o peso levantado, mas o cansaço. Ou seja, se a rotina de exercícios levou à fadiga muscular quase total no final do treinamento, não importa o peso que foi usado.

Esta é uma grande notícia para as pessoas que preferem usar pesos mais leves com mais repetições. Essa prática não apenas torna o levantamento de peso mais agradável, mas também diminui a chance de lesão muscular.

O segredo para usar pesos mais leves é levantar várias vezes até que o esforço para o levantamento final seja, pelo menos, de nível 8 em uma escala de 1 a 10. Um dos autores do estudo, o Dr. Stuart Phillips, observa que “Deve haver algum desconforto, mas os dividendos no final, em termos de músculos mais fortes e mais saudáveis, são enormes.”

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Como o chocolate escuro pode auxiliar nos exercícios

Que tipo de exercício é melhor para o cérebro?

O raio X da musculação: sem dor, sem ganho? was last modified: julho 25th, 2016 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês