Mais Saúde

Exercícios físicos protegem contra o câncer da próstata

Nas duas últimas décadas, acumularam-se mais e mais evidências de que o exercício físico não só ajuda a manter o sistema cardiovascular saudável e seu peso controlados, como também diminui o risco de desenvolver câncer.

Células do câncer de próstata

Hoje, vamos apresentar os resultados de um estudo, publicado em 11 de fevereiro, na revista Câncer, sobre a relação entre a atividade física e o câncer de próstata.

O Dr. Abhay A. Singh e associados da Durham Veterans Affairs Medical Center, na Carolina do Norte (EUA), avaliaram 307 homens (164 brancos e 143 negros), os quais estavam prestes a passar por uma biópsia para checar uma suspeita de câncer de próstata.

Os pesquisadores perguntaram a cada homem o nível de atividade física diária, com a finalidade de verificar se havia correlação entre os exercícios e o resultado de suas biópsias – se tinham câncer ou não e, se tinham, o quão agressivo era o tumor. Os médicos estavam interessados em verificar se existiam diferenças radicais em relação à prática de exercícios e o câncer de próstata.

Os pacientes foram divididos em quatro categorias diferentes, segundo os níveis de atividades físicas semanais: sedentários, minimamente ativos, moderadamente ativos e a altamente ativos. Após a realização das biópsias, constatou-se que 125 dos 307 homens tinham câncer, sendo que, em 54 deles, o tumor foi considerado de “alto grau”. Isto significa que, sob o microscópio, foi possível observar que os tumores agiam agressivamente no organismo.

Os resultados mostraram que os homens que praticavam atividade física semanal de uma forma moderada ou alta, tinham uma probabilidade 53% menor de obter uma biópsia positiva (ou seja, confirmando o câncer) do que aqueles que estavam inativos ou levemente ativos. Entre os pacientes cuja biópsia foi positiva para o câncer, a propensão ao tumor agressivo foi 13% menor para os que se exercitavam, pelo menos, moderadamente.

Infelizmente, os efeitos benéficos e protetores da atividade física foram constatados apenas entre os homens brancos. Para os homens negros, observou-se que, aparentemente, os exercícios não os protegeram contra esse tipo de câncer. Os pesquisadores não puderam certificar-se, com certeza, do por que desse fenômeno, mas sugerem que o câncer de próstata, em homens negros, é uma doença geneticamente diferente em comparação com os brancos, tornando-a mais provável e agressiva para eles.

O câncer de próstata é mais comum em homens negros. Assim, este estudo recente pode fornecer pistas a futuros pesquisadores sobre os porquês dessa diferença.

Essas informações nos dá uma motivação maior para passarmos menos tempo sentados e mais tempo caminhando, correndo, andando de bicicleta, jogando tênis, nadando, jogando futebol ou frequentando a academia… Enfim, fazendo tudo o que gostamos para mantermo-nos em movimento.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site principal: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

*Barriguinha masculina pode trazer problema urinário e de ereção

 

 

Exercícios físicos protegem contra o câncer da próstata was last modified: junho 17th, 2016 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês