Mais Saúde

Exercício físico pode levar mulher ao orgasmo

O orgasmo feminino é um evento que tem sido muito estudado nos últimos anos. No ano passado, por exemplo, a ProcuraMed publicou um artigo sobre o primeiro filme mundial que mostrava todas as modificações que ocorrem no cérebro feminino a medida que o orgasmo se aproxima, é vivênciado, e a recuperação pós-orgasmo.

Desta vez, um novo estudo (inédito no gênero), publicado na edição especial da “Sexual and Relationship Therapy” , revela que a prática de exercício físico — sem relação sexual ou fantasias agregadas — pode levar ao orgasmo feminino. O fenômeno é chamado de “coregasmo” por sua associação aos exercícios que visam aos músculos core, 29 pares que incluem os oblíquos (interno e externo), o transverso do abdômen, os glúteos, o quadrado lombar e os do assoalho pélvico.

Os resultados do estudo, realizado pela Universidade de Indiana, nos EUA, foram baseados em pesquisas on-line feitas com 124 mulheres que reportaram terem passado pela experiência de orgasmo induzido pelo exercício (EIO, na sigla em inglês) e 246 que tiveram orgasmo em decorrência de relação sexual (EISP). As participantes tinham entre 18 e 63 anos. A maioria estava mantendo um relacionamento ou era casada, e 69% se declararam heterossexuais.

Dentre os resultados da pesquisa estão que:

* Cerca de 40% das mulheres tiveram orgasmo mais de dez vezes, independentemente do que o provocou.

* A maior parte das mulheres do grupo EIO relatou ter algum grau de consciência quando se exercitava em público, enquanto 20% disseram que não podiam controlar sua experiência.

* A maioria das mulheres que tiveram EIOs disseram que não estavam cultivando fantasias sexuais ou pensando em alguém atraente durante a experiência.

* Diversos tipos de exercícios físicos foram associados a ambos os tipos de orgasmo. No grupo EIO, 51,4% relataram ter experimentado um orgasmo associado a exercícios abdominais nos últimos 90 dias. Outras relataram a experiência do orgasmo em conexão com exercícios como levantamento de peso (26,5%), ioga (20%), bicicleta (15,8%), corrida (13,2%) e caminhada (9,6%).

* Nas respostas em aberto, os exercícios abdominais foram particularmente associados com o exercício “cadeira do capitão”, que consiste num suporte com descansos acolchoados para os braços e apoio para as costas que permite deixar as pernas penduradas livremente. O objetivo é levantar os joelhos repetidamente, em direção ao peito, ou fazendo um ângulo de 90 graus com o corpo.

* Os exercícios mais comumente associados ao orgasmo induzido pelo exercício foram os abdominais, a escalada em paredes adaptadas ou cordas, o spinning e o levantamento de peso.

Se, do ponto de vista da ciência, esta é uma novidade, relatos deste fenômeno vêm ganhando a mídia há anos, considera Debby Herbenick, coordenadora do estudo. Ela diz que os dados são importantes porque sugerem que o orgasmo não é necessariamente um evento sexual. E eles também podem nos ensinar mais sobre os processos corporais subjacentes às experiências de orgasmo da mulher.

A pesquisadora explica que o mecanismo por trás do orgasmo induzido pelo exercício, bem como do orgasmo resultante de relação sexual, não estão claros, e revela, que, numa futura pesquisa, espera aprender mais sobre o que desencadeia cada um deles. Também de acordo com ela, ainda não se sabe se os exercícios mencionados na pesquisa podem também melhorar as experiências sexuais das mulheres.

O estudo não determinou o quão comum é para as mulheres terem os dois tipos de orgasmo. Mas os autores ressaltaram que bastaram cinco semanas para recrutar as 370 participantes da pesquisa, sugerindo que o fenômeno não é raro.

Leia também na ProcuraMed:

* Os Benefícios do Sexo

Para encontrar um médico visite o site: www.procuramed.com

Foto: Globo.com

Exercício físico pode levar mulher ao orgasmo was last modified: maio 23rd, 2012 by