disco vertebral

Como combater a diminuir à medida que envelhecemos

Quando mais jovens, observamos que nossos parentes mais velhos pareciam ficar menores com o passar dos anos. E é verdade. Por volta de 40 anos de idade, a maioria das pessoas realmente diminui em altura, de meio a um centímetro por década completa.

disco vertebral

O que causa isso e o que pode ser feito?

Há várias razões para perdemos altura à medida que envelhecemos. Em primeiro lugar, a coluna vertebral é composta de pedaços de ossos e, entre cada fatia, existe um “amortecedor” de impacto, chamado disco vertebral. No total, possuímos 23 discos, cuja função é proteger os ossos da coluna vertebral. Os discos vertebrais têm uma consistência gelatinosa, composta principalmente de água.

Durante o dia, normalmente, em que a maioria das pessoas está em pé, a gravidade espreme os discos de maneira que eles perdem algum teor de água. Depois, à noite, livre da gravidade e da compressão dos ossos sobre esses “amortecedores” naturais, os discos são reidratados e voltam ao seu tamanho original.

O problema é que, conforme ficamos velhos, os discos não se reidratam completamente. Parte do motivo é que precisamos de boa “microcirculação” na área da coluna para permitir a reidratação da coluna vertebral durante a noite. Mas, o nosso sistema microcirculatório, formado de pequeninos vasos sanguíneos que alimentam nossos tecidos e ossos, torna-se menos eficaz com o avançar da idade.

Que medidas podemos tomar para manter a microcirculação com bom desempenho, permitindo a boa alimentação dos vasos sanguíneos da coluna vertebral?

Primeiro, se você fuma, pare. Fumar, basicamente, entope e mata os pequenos vasos que alimentam os tecidos, incluindo os da sua coluna. Segundo, faça o que puder para evitar o diabetes, que é outro inibidor da microcirculação. A melhor maneira de prevenir o diabetes é evitar a obesidade.

As outras maneiras de manter o bom desempenho da microcirculação são: fazer exercícios aeróbicos diários, mesmo que seja uma caminhada rápida; manter uma boa dieta alimentar pela qual se obtenha bastante nutrientes e proteínas; e consumir, o mínimo possível, a chamada “trash food”, evitando alimentos com excesso de açúcar e gordura saturada.

A segunda razão para a diminuição de altura relacionada à idade é que os ossos vertebrais podem comprimir-se por si próprios e fraturarem-se ao longo do tempo, levando a uma curvatura da coluna vertebral. Em casos graves, isso resulta em uma aparência arqueada.

Para evitar esse problema, a chave é tentar manter os ossos tão fortes quanto possível. Você pode fazer isso incluindo bastante cálcio em sua dieta, bem como quantidade adequada de vitamina D.

Se você consume algum tipo de suplemento alimentar, a vitamina D deve ser o principal composto, pois é um dos melhores nutrientes para a saúde global do seu corpo. Pode-se obter vitamina D a partir de sua dieta e da luz solar, mas muitos especialistas sentem que as pessoas mais idosas não recebem luz o suficiente e aconselham o consumo diário de um suplemento com vitamina D.

Outra maneira importante de manter os ossos fortes é tonificando-os (aparentemente, para mostrar ao corpo que ainda são necessários) por meio de suporte de peso e exercícios, como andar, correr ou levantamento de peso. Tente trabalhar suas pernas e quadris tanto quanto você pode!

A terceira razão para a perda de altura ao longo do tempo é que a maioria das pessoas desiste de ter uma boa postura. Chega a ser impressionante ver alguém que, em seus 80 anos, se mantém com boa postura, em pé e “altivo”. Eles se destacam porque trabalham a manutenção de sua massa muscular. Lutam contra a tendência de perda muscular, fazendo exercícios de suporte de peso e dão atenção especial ao abdômen ou “núcleo” muscular. Um abdômen forte será imprescindível para mantê-lo tão alto quanto possível!

Em resumo, essas são as dicas sobre o que você pode fazer para combater o “encolhimento” relacionado à idade:

1. Não fumar e manter o peso adequado.

2. Manter uma dieta bem equilibrada, evitando açúcar e gorduras saturadas.

3. Ingerir cálcio e vitamina D

4. Fazer exercício aeróbico diário, como 30 minutos de caminhada rápida.

5. Faça exercícios de rolamento de peso, pelo menos, três vezes por semana. Mantenha o seu núcleo muscular, isto é, o abdômen, tonificado! Frequente um ginásio e, se puder se dar ao luxo, tenha um personal trainer. Pode ser uma grande mudança de vida!

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site principal: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

*Vitamina D com cálcio aumenta expectativa de vida de idosos

 

Esta postagem também está disponível em: Inglês