Bananas agem como aspirina ou ibuprofeno

Bananas agem como aspirina ou ibuprofeno após exercícios

Há alguns anos, relatamos um estudo comparando bananas e bebidas esportivas para atletas submetidos a um desafio de ciclismo. Bananas agem tão bem como bebidas esportivas para reabastecer o açúcar e nutrientes esgotados durante o exercício. Agora, novas pesquisas mostram que as bananas têm um benefício adicional: um efeito anti-inflamatório, calmante, semelhante à aspirina ou ao ibuprofeno.

Este novo estudo foi publicado recentemente na revista médica PLOSone. Além de comparar bebidas esportivas com bananas, os pesquisadores queriam saber se uma variedade menor e mais doce de banana (semelhante à banana-maçã) oferecia mais benefícios do que a banana “padrão” (nanica).

A comparação foi feita após voluntários realizarem exercícios vigorosos, que são ótimos para o nosso corpo, mas também são um estresse temporário. Após o exercício, os atletas mostram a elevação de vários “marcadores” metabólicos, que demonstram que o corpo está trabalhando para se recuperar desse estresse. Durante este processo, podemos sentir “dor muscular de início tardio”. Mas, dentro de alguns dias, quando esta reparação estiver concluída, ficamos mais fortes e resistentes.

O experimento com banana versus bebida esportiva

Os pesquisadores recrutaram 20 ciclistas experientes, homens e mulheres, com idades entre 22 e 50 anos. Todos pedalaram em bicicletas estacionárias no laboratório por 75 km em ritmo acelerado. O treino foi repetido várias vezes ao longo de várias semanas (com tempo para que se recuperassem de cada “corrida”).

Ao longo de um dos treinos de 75 km, os atletas beberam apenas água a cada 15 minutos. Nos outros episódios, beberam água e bebida esportiva, ou água e bananas nanicas, ou água e de uma variedade menor e mais doce de banana.

Durante os dois dias após cada exercício, os pesquisadores retiraram sangue dos atletas e mediram mais de 180 marcadores metabólicos. Eles variavam de medidas simples, como açúcar, hemograma e níveis hormonais, até marcadores sofisticados que mostravam como vários genes estavam sendo “expressos” após o exercício.

Bananas como agente anti-inflamatório

Os resultados mostraram que, quando os atletas consumiam apenas água, seus níveis de inflamação e estresse eram altos após o treinamento. Quando consumiam bebidas esportivas ou bananas, seus níveis inflamatórios eram significativamente menores. Ainda mais interessante foi que quando os atletas consumiram bananas: eles mostraram ativação em alguns genes, significando que eles estavam produzindo menos enzima COX-2. Esta enzima estimula a produção de certas prostaglandinas que aumentam a inflamação e a dor.

A aspirina e os fármacos, como o ibuprofeno, atuam de forma a minimizar a produção da enzima COX-2, minimizando assim a dor e a inflamação pós-treino. As bananas, embora não tão potentes quanto os medicamentos, parecem agir da mesma maneira. A pesquisa mostrou que os dois tipos de banana agiram de forma semelhante.

Considere as bananas x bebidas esportivas

Como discutimos em um post anterior, as bananas têm muitas vantagens sobre as bebidas esportivas, artificialmente criadas e frequentemente caras. Esta nova pesquisa dá outra boa razão para escolher bananas para exercícios extenuantes. Dependendo da sua atividade, a água e 1/4 de uma banana (escolha a sua variedade preferida) a cada 15 minutos parece ser uma boa opção, tanto para o seu desempenho como para a sua recuperação pós-treino.

Para encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, vá até a Procuramed.com

Leia também na ProcuraMed:

O que é Tai Chi e por que pode ser muito saudável para você?

Quando os exercícios parecem não dar resultado

Esta postagem também está disponível em: Inglês