Mais Saúde

9 maneiras de saber se você está desidratado

Sessenta por cento do nosso corpo é composto por água. Para que nosso organismo funcione bem, precisamos constantemente ingerir a água que perdemos naturalmente. Se o nosso balanço hídrico estiver fora de controle, não nos sentiremos tão bem, nossos órgãos não funcionarão de maneira ideal e não teremos a melhor aparência.

A desidratação acontece quando tomamos menos água (de líquidos ou alimentos que contêm água) do que eliminamos. Constantemente perdemos água por meio da urina, fezes e suor. Com cada movimento da respiração, também expiramos vapor de água.

Todos os nossos sistemas corporais dependem de água, mas às vezes não estamos cientes de que nossos fluidos estão baixos. Estamos especialmente propensos à desidratação durante o exercício, em tempo quente e quando transpiramos. Além disso, os idosos, com sistemas mais delicados, são mais propensos a sofrer problemas de desidratação.

Sintomas de desidratação em adultos

1) Sede

Muitas vezes, o primeiro indicador de desidratação é a sede. No entanto, os idosos têm indicadores menos sensíveis e a sensação de sede diminui com a idade. Assim, especialmente as pessoas mais velhas precisam estar cientes da necessidade de beber mais água, mesmo sem sentir sede.

2) Alteração na quantidade ou cor da urina

A urina é um grande indicador de hidratação, uma vez que a maior parte da água que deixa nosso corpo passa por nossos rins. Quando estamos bem hidratados, nossa urina será clara e de cor amarela clara. Se estivermos desidratados, ela será mais escura e pode ter um odor mais forte, pois está mais concentrada. A desidratação também provoca diminuição na produção de urina.

3) Fadiga ou sonolência

A fadiga geralmente tem outras causas, mas ela também pode ser consequência de desidratação. Uma pesquisa mostra que se perdermos água correspondente a apenas de 1% a 3 % do nosso peso corporal, teremos fadiga. E se você estiver se exercitando e desidratado, certamente terá menos resistência do que se estivesse bem hidratado.

4) Dores de cabeça

A desidratação pode desencadear dores de cabeça em pessoas com cefaleias.

5) Mudança na elasticidade da pele

Todos sabemos da importância de uma pele bem hidratada. Quando desidratado, nosso corpo move a água da pele para os órgãos internos mais importantes. Uma forma de tirar a dúvida é beliscar a pele – se ela levar mais de meio segundo para voltar ao normal, é melhor consumir água.

6) Cãibras musculares

Cãibras causadas por desidratação ocorrem mais comumente com transpiração excessiva, quando você perde água e sódio. A contração muscular depende de um equilíbrio eletrolítico bom. Às vezes, quando você está esgotado, seus músculos podem contrair involuntariamente, resultando em cãibra.

7) Sensação de tonturas ou desmaios

A desidratação pode diminuir a pressão arterial e é mais notada quando você muda da posição de deitado para em pé. A desidratação mais grave pode causar quedas mais drásticas na pressão arterial, com visão turva, náuseas e desmaios.

8) Confusão, irritabilidade, dificuldade de concentração

O funcionamento cerebral pode cair significativamente com a desidratação. Em adultos mais velhos, ela pode levar à confusão. Todos nós temos maior clareza mental quando estamos bem hidratados.

9) Batimento cardíaco rápido ou palpitações

O coração de uma pessoa desidratada vai bater mais rápido para tentar compensar a falta de fluido no corpo. Baixos níveis de líquido significam menos volume em seus vasos sanguíneos. Assim, o coração bate mais rápido para empurrar o sangue através de seu sistema.

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Por que os EUA estão proibindo sabonetes antibacterianos

Correr pode diminuir o risco de artrite no joelho

9 maneiras de saber se você está desidratado was last modified: março 24th, 2017 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês