Mais Saúde

Resultados surpreendentes em cirurgia de catarata

Se vivermos tempo suficiente, a maioria de nós desenvolverá catarata. O problema se desenvolve como uma parte normal do envelhecimento e, por volta dos 80 anos, mais de metade das pessoas já o apresentam. A cirurgia de catarata é uma das operações mais comumente realizadas, e mais bem-sucedidas, com uma taxa de sucesso em torno de 98%.

Para todos nós que precisamos desta cirurgia em algum momento, há boas notícias de pesquisa sobre como ela pode mudar nossa vida para melhor. O último estudo sobre o assunto é da Women’s Health Initiative e envolveu mais de 74 mil mulheres nos Estados Unidos, que foram estudadas por mais de 20 anos – de 1993 a 2015.

Todas essas mulheres tinham pelo menos 65 anos e haviam desenvolvido catarata. Algumas haviam passado por correção cirúrgica e outras, não. O estudo mostrou que, além de uma melhor visão, as pacientes que foram submetidas à cirurgia tiveram risco 60% menor de morrer durante os 22 anos de estudo em comparação com as mulheres que não passaram pela cirurgia.

O que é catarata?

A catarata é uma nuvem progressiva que aparece na lente do nosso olho, levando a uma nebulização lenta da visão. Normalmente, a lente é transparente e a luz passa facilmente para nossa retina. Com a catarata, esta lente fica turva – como se olhássemos através de uma janela embaçada em vez de uma janela limpa.

Sintomas e causas da catarata

Muitas vezes, as pessoas com catarata percebem problemas para enxergar à noite ou em condições de pouca luz. Elas podem ter olhos sensíveis às luzes brilhantes e acabam vendo essas fontes de luz com uma espécie de auréola ao redor. As cores ficam mais difíceis de se distinguir.

A catarata é fruto do envelhecimento, mas certas condições a tornam mais provável. A principal é a exposição excessiva dos olhos ao sol. Também favorecem o aparecimento o tabagismo, diabetes, hipertensão, obesidade e miopia grave. Às vezes, ela é percebida em famílias.

A cirurgia

Antes da década de 1980, a cirurgia de catarata era uma grande cirurgia, exigindo hospitalização, anestesia geral e imobilização prolongada da cabeça no pós-cirúrgico. Hoje, ela é realizada sob anestesia local, leva poucos minutos e o paciente vai para casa logo depois.

Com enormes avanços na tecnologia de implantes de lentes, alguns implantes agora podem permitir uma boa visão tanto para ler quanto para ver distância. Muitos pacientes já não precisam de óculos após a cirurgia.

Por que a cirurgia de catarata prolonga a vida?

As pessoas com cataratas geralmente se retiram lentamente das atividades da vida normal à medida que a condição avança. Ficam mais propensas a cair, têm mais problemas para ver e tomar medicamentos adequadamente, e muitas vezes acabam mais isoladas socialmente.

Uma vez que essas pessoas operam e recuperam a boa visão, muitas também melhoram psicologicamente. Acabam mais capazes de pensar com clareza, socializam mais e ficam muito menos propensas a acidentes, como uma fratura de quadril, que muitas vezes pode começar uma longa espiral de descida. Se dirigem, elas acabam tendo menos acidentes. Também ficam mais dispostas a sair e a fazer exercícios. Todos esses fatores funcionam juntos para melhorar a longevidade.

Prevenção de catarata

Embora a cirurgia geralmente tenha bons resultados, é melhor evitar a catarata. Use óculos de sol de qualidade, tenha uma boa dieta, com peixes (omega-3) e abundante em vegetais coloridos (antioxidantes). Exames de visão regulares com um oftalmologista também são importantes, já que a catarata é fácil de ser diagnosticada.

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Você já ouviu falar da Síndrome de Fadiga Ocular Digital?

Fotoqueratite: queimadura de sol no olho

Resultados surpreendentes em cirurgia de catarata was last modified: dezembro 16th, 2017 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês