Mais Saúde

Como tatuagens podem afetar seu treino

Ter uma tatuagem pode influenciar a qualidade do seu treino. É o que aponta estudo recém-publicado na revista Medicine & Science in Sports & Medicine. Mas como isso acontece?

Estimativas mostram que 50% dos millennials possuem pelo menos uma tatuagem. De anônimos a famosos, muita gente possui algum desenho sobre a pele que pode ter impacto na qualidade dos treinos, especialmente em atletas. Isso acontece porque a tatuagem pode influenciar a intensidade da transpiração.

Muitos atletas dependem de uma boa função de transpiração para manter a temperatura do corpo baixa, e qualquer coisa que diminua sua capacidade de suar pode afetar seu desempenho.

O estudo sobre tatuagem

Para este estudo, os pesquisadores recrutaram 10 homens jovens e saudáveis que tinham tatuagem em apenas um lado do corpo. No experimento, foi utilizado um medicamento chamado pilocarpina, que estimula a transpiração quando aplicado à pele. Em cada um dos homens, os pesquisadores aplicaram pilocarpina na área da tatuagem e uma quantidade igual na mesma área do outro lado do corpo, sem tatuagem.

Os cientistas então colocaram um disco absorvente sobre cada área e esperaram 20 minutos. Em seguida, removeram os discos e os pesaram para determinar a quantidade de suor que absorveram. Eles também analisaram o teor de sódio do suor.

Os discos que haviam sido colocados sobre as tatuagens eram muito mais leves após os 20 minutos que os que colocados sobre a pele sem. A pele tatuada transpirava apenas cerca de 50% em comparação à área da pele sem tatuagem. Além disso, o teor de sódio no suor da pele tatuada foi maior, o que significa que estava mais concentrado.

Por que a pele tatuada sua menos?

Quando uma tatuagem é feita, o corante é micro injetado na camada intermediária da pele, a derme, onde as glândulas sudoríparas estão localizadas. O processo de tatuagem produz algum dano às estruturas normais da pele, incluindo algumas glândulas sudoríparas, que são destruídas ou bloqueadas.

Isso é ruim?

Este estudo foi pequeno, mas os resultados mostraram uma diferença impressionante. Se os resultados forem confirmados, eles apontarão que pessoas com tatuagens extensas podem não ser capazes de esfriar-se tão bem como aquelas com menos ou nenhuma tatuagem.

Mas nosso corpo é inteligente e pode ser que outras partes da pele aumentem a produção de suor para compensar as áreas tatuadas, que produzem menos. Isto é o que acontece, por exemplo, com pessoas que queimaram a pele. A queimadura também destrói as glândulas sudoríparas, mas o corpo compensa.

Recomendação

Mais pesquisas são necessárias para comprovar essa teoria. Os cientistas que realizaram a pesquisa estão fazendo estudos mais extensos e em situações reais, com atletas durante o exercício.

O autor principal do estudo, o fisiologista Maurie Luetkemeier, sugere que, se você tem uma ou apenas algumas tatuagens, não há nada com que se preocupar. Por outro lado, ele afirma, “se você olhar para alguns militares, com quem as tatuagens são muito prevalentes, e se eles estão expostos ao calor elevado e a uma carga de trabalho pesada, pode haver problemas com a forma como eles regulam a temperatura corporal”.

Dependendo do que a pesquisa em situações da vida real mostrar, ter grandes tatuagens nos braços, no peito ou nas costas (que geralmente contém muitas glândulas sudoríparas) pode ser uma preocupação para atletas competitivos. Se você tem grandes tatuagens, esse é mais um motivo para se manter especialmente bem hidratado durante o exercício e em clima quente.

Em nosso próximo artigo, discutiremos o tema de forma mais ampla, sobre se as tatuagens são boas ou ruins para sua saúde. Fique ligado. As notícias não são todas ruins!

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Estudos apontam que exercícios revertem o envelhecimento da pele

4 bebidas que melhoram a saúde

Como tatuagens podem afetar seu treino was last modified: agosto 25th, 2017 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês