Mais Saúde

Precisa de ideias criativas? Saia pra uma caminhada

Você já foi dar uma volta quando precisava de uma idéia criativa ou a solução para algum problema? Aquele conselho da vovó para sair de casa e dar uma caminhada lá fora agora tem respaldo científico. E funciona.

Estudo publicado no último dia 21 de abril no Journal of Experimental Psychology: Aprendizagem , Memória e Cognição registrou o que muitos praticam há tempos. O estudo, realizado por dois pesquisadores da Escola de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Stanford, confirmou que a criatividade aumenta em até 60% quando se sai para uma caminhada.

A pesquisa contou com a participação de 176 jovens universitários em diversas experiências que envolviam o simples movimento de andar. Em uma das experiências, foi solicitado aos voluntários que listassem os possíveis usos para itens comuns, como pneus e botões. Os pesquisadores compararam as listas faladas enquanto os estudantes caminhavam em uma esteira com a mesma demanda feita enquanto estavam sentados em uma sala.

O resultado foi impressionante: 81% dos alunos melhoraram a produção criativa e listaram mais usos para os objetos enquanto caminhavam que enquanto permaneciam sentados. Foi percebido que os voluntários não apenas estavam mais falantes no teste de esteira, mas também conseguiram uma porcentagem mais elevada de pensamentos criativos.

Para tirar a dúvida, a dupla de pesquisadores realizou um experimento com o chamado pensamento convergente, que é um teste que mede o funcionamento do cérebro de forma geral. O resultado foi que, apesar de beneficiarem a criatividade, as caminhadas não aumentam a capacidade cognitiva dos voluntários. Ou seja, elas ajudam você a ser mais criativo, mas não lhe deixam mais ou menos inteligente.

A pesquisa apontou, ainda, outros benefícios. Primeiro, que os efeitos da caminhada dentro ou fora de casa são os mesmos. Assim, caminhar sobre uma esteira ou passear fora de casa, na prática, têm o mesmo efeito sobre a criatividade. Outro benefício é que, mesmo depois de encerrada a atividade, a criatividade permanece elevada por um bom tempo após o início do repouso.

Então, se você está com problemas com relação à sua criatividade, existe solução: caminhe. O ritmo sugerido pelos pesquisadores é o ritmo normal de caminhada, nem muito rápido nem muito lentamente. O ideal também é que o percurso ou o local onde está a esteira não tenha muitas distrações. Assim, o fluxo de ideias pode ser melhor aproveitado.

Sempre vale lembrar o que o filósofo Nietzche já havia percebido ainda no final do século XIX: “Todos os pensamentos verdadeiramente grandes são concebidos ao andar”. E, para os que não gostam de caminhar, não há desculpa: outros exercícios aeróbicos também produzem efeitos similares, como a corrida e a pedalada.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site principal: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Mascar chiclete faz bem à saúde

Dicas para melhorar seu desempenho em provas e concursos

 

 

 

 

 

 

Precisa de ideias criativas? Saia pra uma caminhada was last modified: abril 29th, 2014 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês