joelho

Mais tempo ao ar livre diminui o risco de miopia

Uma nova análise de estudos recentes, mostra que quanto mais tempo crianças e adolescentes passam ao ar livre, menor são as taxas de miopia nestes. A miopia é muito mais comum hoje, em vários países, do que era na década de 1970. Em partes da Ásia, mais de 80 % da população é míope. A análise sugere que mais exposição à luz natural e/ou tempo gasto olhando para objetos distantes, podem ser fatores-chave.

Mais tempo ao ar livre diminui o risco de miopia

A análise dos estudos, foi conduzida pelo Dr. Justin Sherwin, professor da University of Cambridge, e apresentada no 15th Encontro Anual da Academia Americana de Oftalmologia, realizado este mês, em Orlando nos EUA.

Os dados incluídos na análise foram retirados de oito estudos cuidadosamente selecionados, onde analisou-se o tempo que crianças e adolescentes ficavam ao ar livre em relação com a miopia, representando 10,4 mil participantes no total. A equipe do Dr. Sherwin concluiu que para cada hora adicional passada por semana ao ar livre , a chance de miopia diminuiu em cerca de 2 %. Crianças míopes gastam, em média, 3,7 horas a menos por semana ao ar livre do que aquelas que tinham visão normal ou eram hipermétropes.

Embora as razões ainda não sejam claras, o efeito protetor parece resultar do simples fato de estar ao ar livre ao invés de executar alguma atividade em específico. Dois dos oito estudos investigaram se as crianças que passaram mais tempo ao ar livre também foram as que gastaram menos tempo estudando ou utilizando jogos de computador, porém não foi encontrada relação em nenhum dos estudos. A quantidade de tempo gasto em atividades de perto, como estudo ou computador, é de grande interesse de pesquisadores nesta quantidade, podendo ser esta potencialmente causadora do recente incremento na miopia observado mundialmente.

“O aumento do tempo das crianças ao ar livre pode ser uma medida simples e de baixo custo com benefícios importantes para a sua visão e saúde em geral”, disse Dr. Khawaj, da University of Cambridge, e que apresentou análise dos estudo no encontro. “Se nós queremos fazer recomendações claras, no entanto, vamos precisar de dados mais precisos. Estudos futuros, irão nos ajudar a entender quais fatores, tais como aumento do uso de visão à distância, uso reduzido de visão de perto, a exposição à luz ultra-violeta natural ou atividade física, são mais importantes.”

O Dr. Khawaja considerada que o aumento de tempo ao ar livre pode ajudar na evolução do quadro da miopia. Ele baseia-se em um estudo recente feito com 80 crianças míopes, da China, com idade entre 7 e 11, e que não foi incluído na análise do Dr. Sherwin. No estudo, 40  deles foram designados a gastar menos de 30 horas em atividades de perto e mais de 14 horas ao ar livre, por semana. No final do estudo de dois anos, as crianças no grupo de intervenção foram menos míope, em média, do que a 40 crianças do grupo controle que não seguiram o cronograma especial.

Category : Comportamento