cera ouvido

Limpar os ouvidos demais pode ser prejudicial

Você costuma retirar a cera dos ouvidos com frequência? Apesar dos alertas que sempre ouvimos, há pessoas que se incomodam e fazem a limpeza quase que diária dos ouvidos. O que muitas não sabem é que, ao invés de limpar, podem estar “entupindo” os canais auditivos.

cera ouvido

A cera é um revestimento natural do ouvido. Ela protege a pele do ressecamento e das rachaduras, que nos tornam suscetíveis a infecções do ouvido externo, também conhecidas como otite externa. Além de ser um hidratante natural, a cera ou cerúmen é um revestimento seboso que fisga bactérias, fungos e insetos pequenos, impedindo-os de penetrar profundamente no ouvido.

As pessoas podem produzir dois tipos de cera, um mais molhado e um mais seco. A diferença é determinada pelos genes e a ascendência da pessoa, mas a função dos dois tipos é a mesma. Nos dois casos, a cera é formada a partir da secreção da camada superior do tímpano. Conforme essas células se acumulam, elas acabam se juntando às secreções das glândulas do canal auditivo. Assim, células mortas da pele e cera acabam saindo lenta e regularmente pelo canal auditivo.

O processo de acúmulo e saída da cera pelo canal auditivo é totalmente natural. Por isso, a maioria das pessoas não deveria fazer nada para manter o canal auditivo limpo. E é preciso estar atento ao uso dos cotonetes. Quando se insere um cotonete no canal auditivo, há a retirada de um pouco da cera. Entretanto, a quantidade que se empurra, às vezes, para dentro do canal é muito maior. Assim, as pessoas interrompem a migração natural de dentro para fora e acabam acumulando mais cera dentro do ouvido, tornando-o mais propenso a infecções.

A forma mais indicada para limpeza dos ouvidos é pingar algumas gotas de amolecedor de cera ou até mesmo de água. Para evitar tontura, pingue os líquidos em temperatura similar à do corpo. Se estiver muito frio ou muito quente, pode haver estímulo do ouvido interno, interpretado pelo cérebro como tontura. Quando a água ou o amolecedor sair do canal, levará junto o excesso de cera sem que haja a necessidade do uso do cotonete.

Mas se você percebeu que está com alguma perda auditiva e acha que é pelo acúmulo de cera, procure um profissional. De preferência um otorrinolaringologista, que possui treinamento específico para este tipo de limpeza. Evite pedir para que pessoas inexperientes façam esse procedimento, pois o canal auditivo é um espaço muito estreito e qualquer descuido pode levar até a uma perfuração do tímpano.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site principal: www.procuramed.com.

Veja também no ProcruaMed:

A relação entre perda de audição e declínio mental

 

Esta postagem também está disponível em: Inglês

Category : Comportamento