Mais Saúde

Caminhada tem impacto positivo contra depressão

Para iniciar esta semana, trazemos um novo estudo publicado na revista científica Mental Health and Physical Activity, que afirma que caminhar é uma efetiva forma de intervenção contra a depressão, apresentando resultados similares aos de formas mais vigorosas de exercício físico.

Estudos anteriores já haviam demonstrado que exercícios vigorosos aliviam os sintomas da depressão, porém o efeito de atividades menos árduas ainda não havia sido analisado em profundidade, até o presente estudo.

Realizado pela Universidade de Stirling e pela Universidade de Edimburgo, ambas no Reino Unido, o estudo analisou dados de oito pesquisas com um total de 341 pacientes. Para os pesquisadores, a caminhada tem vantagem em relação aos outros tipos de atividades, pois pode ser praticada pela maioria das pessoas, e implica em pouco ou nenhum custo econômico, além  de ser relativamente fácil de incorporar à rotina diária.

Segundo informações da Organização Mundial de Saúde, atualmente, existem 121 milhões de pessoas com depressão no mundo. Apesar da depressão poder ser tratada com medicamentos, a prática de exercícios físicos é muitas vezes prescrita por médicos como tratamento contra formas mais brandas da doença.

Os autores ainda não sabem exatamente como os exercícios ajudam no combate à depressão, mas acredita-se que eles podem funcionar como uma distração dos problemas, dando uma sensação de controle e liberando endorfina (hormônio do prazer). Além disso, existêm estudos que mostram que o simples fato de passar tempo ao ar livre já ajuda pessoas com depressão. Os pesquisadores admitem, no entanto, que mais pesquisas precisam ser feitas sobre o assunto. Ainda há questões sobre a duração, a velocidade e o local onde a caminhada deve ser realizada.

 A prática regular de exercícios físicos, ainda, oferece inúmeros benefícios para com a saúde: Previne Enxaqueca, Melhora a Qualidade do Sono, Diminui a Sensibilidade à Ansiedade, por exemplo.

Assim, que tal começar esta semana realizando uma caminhada? Uma boa opção, é fazer exercícios acompanhado de outras pessoas, pois dessa forma há a oportunidade de reforçar laços de amizade, além de haver um apoio mútuo para com a realização da atividade!

Leia também na ProcuraMed:

* Atividade física diminui depressão na velhice

Precisa encontrar um médico? É rápido e simples! É só entrar em nosso site: www.procuramed.com

Foto: google.com

Caminhada tem impacto positivo contra depressão was last modified: junho 17th, 2016 by