• anorexia

    Nove características do transtorno alimentar em homens

    Os transtornos alimentares costumam ser considerados, tanto pelo público quanto por profissionais da saúde, doenças que afetam meninas e mulheres. Entretanto, é crescente o número de homens que sofrem com esses problemas. Conheça nove aspectos dessas doenças entre o público masculino.

  • mulher malhando

    Malhar antes do sexo pode diminuir os efeitos colaterais de antidepressivos

    Pesquisa mostra que fazer 30 minutos de exercícios de intensidade moderada antes do sexo pode diminuir significativamente os efeitos colaterais sexuais causados por antidepressivos, além de aumentar o funcionamento e a satisfação sexual.

  • depression men

    Depressão em homens; e os resultados da enquete Mais Saúde

    Acredita-se que as mulheres têm cerca de 70% mais chances (ao longo da vida) de sofrer de depressão do que os homens. Porém, uma pesquisa concluiu que homens e mulheres sofrem de depressão aproximadamente nas mesmas taxas.

  • bully

    O que acontece com os praticantes de bullying da infância quando crescem?

    Pesquisa da Carolina do Norte (EUA) mostra que as crianças maltratadas e as “valentonas” têm mais chances de desenvolver doenças físicas e mentais quando se tornam jovens adultas. O bullying é um problema de saúde pública caro, mas destacamos maneiras para enfrentá-lo.

  • sorriso cafe

    Seria o café um antidepressivo?

    Pesquisa da Escola de Saúde Pública de Harvard sugere que os bebedores de café têm um risco significativamente menor de cometer suicídio do que os não-bebedores. Outros estudos sugerem também que o café tem efeito antidepressivo.

  • stress

    Você acha que o estresse afeta negativamente a sua saúde?

    Um estudo recente, publicado no European Heart Journal, mostrou que as pessoas conscientes de que o estresse afetava negativamente sua saúde estavam certas em seu próprio diagnóstico. Nesse artigo, você também encontra dicas para diminuir o estresse e links úteis sobre o tema.

  • exodus

    A maior organização de Cura Gay dos EUA fecha as portas

    Enquanto a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados no Brasil acaba de aprovar a “cura gay”, a maior e mais antiga organização cristã americana para a “cura” de homossexuais fechou suas portas e admitiu que o tratamento não funciona. Vários outros especialistas, incluindo a Organização Mundial de Saúde, também denunciam a “cura gay” como tratamento degradante e desumano.

  • saindo armario

    Sair do armário faz bem à saúde, diz estudo canadense

    Um estudo do Centro para o Estudo do Estresse Humano, realizado em Montreal, no Canadá, mostra que gays, lésbicas e bissexuais, em torno dos 25 anos, que viviam “fora do armário” eram mais saudáveis, física e psicologicamente, do que os indivíduos LGBs não assumidos.