• Ebola virus

    Devemos nos preocupar com o Ebola no Brasil?

    O mundo vive hoje o maior surto de Ebola já registrado. A doença, fatal de 60% a 90% dos casos, ainda é concentrada apenas na África Ocidental. Conheça fatos importantes sobre a doença, tratamentos e formas de contágio.

  • RIR

    Cuidado com as mordidas do seu gato

    Estudo feito com pacientes da Mayo Clinic mostrou que mordidas do gato são particularmente perigosas quando atingem mãos e pulsos. Um terço das vítimas pesquisadas precisou de internação hospitalar, com casos seguidos de cirurgia para remoção da infecção.

  • sabonete

    EUA poderão proibir sabonetes antibacterianos

    Os sabonetes antibacterianos que contêm a substância triclosan estão sendo apontados como não mais eficazes na eliminação dos germes do que os sabonetes comuns. O triclosan pode provocar reações adversas a longo prazo. Vários países europeus já restringiram o uso e os Estados Unidos, em breve, tendem a adotar a mesma medida.

  • pernelongo

    A dengue e a Copa do Mundo

    É possível que, na Copa do Mundo do ano que vem, ocorra surtos de dengue. As pessoas que vivem em áreas de risco devem tomar alguns cuidados para evitar as picadas do mosquito e apoiar-se em medidas de saúde pública para reduzir a proliferação do inseto causador da doença.

  • febre amarela

    Boas notícias sobre a febre amarela

    Muitos estrangeiros têm medo de contrair febre amarela no Brasil, mas a doença aqui é rara. Além disso, existe uma vacina eficaz e disponível para a população. Há alguns dias, a OMS revisou suas recomendações sobre o tema e atestou que indivíduos em risco ficam protegidos da febre amarela com apenas uma dose. Ou seja, o reforço, dez anos depois, não é mais necessário.

  • esponja

    Onde os germes se escondem em sua cozinha

    Uma organização internacional sem fins lucrativos, a NSF, publicou um relatório que detalha as principais áreas de contaminação bacteriana presentes na cozinha. Mais atenção e limpeza com esses locais reduzirão o risco de doenças provocadas por intoxicação alimentar.

  • curar aids

    AIDS: próximos da Cura Funcional

    Enquanto não há cura para a HIV, pesquisadores começam a falar sobre pessoas infectadas que tiveram “cura funcional”, isto é, sobre pacientes soropositivos que, após iniciarem o tratamento, o suspendeu anos mais tarde e mantiveram sua carga viral baixa. Aparentemente, o “segredo” para aumentar a cura funcional entre os pacientes é iniciar o tratamento com o coquetel anti-HIV o mais rápido possível. Teste de HIV frequente facilita o tratamento precoce.

  • HIV medicamentos

    HIV parte 2 Convivendo com o vírus e o coquetel

    O consenso crescente é de que o melhor tratamento para quem descobriu ser HIV positivo, é iniciar o tratamento o mais cedo possível. Assim melhorando sua saúde a longo prazo e também reduzindo drasticamente o risco de transmissão do vírus para outros.