• caminhar-ajuda-artrite

    Caminhada após refeição pode reduzir risco de diabetes

    Um estudo científico pequeno, mas bem conduzido, mostrou que o melhor programa para reduzir os níveis de açúcar no sangue após as refeições é fazer caminhadas curtas, de 15 minutos, em ritmo de fácil a moderado, logo depois de comer. Esse programa diminui o risco de pré-diabéticos avançarem para o diabetes real.

  • correndo

    Qual é a melhor opção: correr ou caminhar?

    Estudos recentes compararam os benefícios para a saúde entre andar e correr. A corrida obteve melhores resultados para a manutenção e o controle de peso. Mas, em relação ao controle da pressão arterial, do diabetes, colesterol e das doenças do coração, caminhar foi tão bom – ou até melhor – quanto correr.

  • alongamento

    O alongamento pode não ser tão bom quanto se pensava

    É preciso questionar mais sobre os benefícios do alongamento estático antes do exercício físico. Muitos estudos já mostram a inexistência de vantagens. Apresentamos hoje duas pesquisas recentes, cujas conclusões são a de queda de desempenho muscular após a “esticadinha”.

  • neymar-cabecada

    Cabeceadas na prática esportiva podem causar dano cerebral

    Há uma preocupação crescente com as lesões cerebrais crônicas resultantes da prática de alguns esportes. Um estudo recente, com meninas jogadoras de futebol, demonstrou queda sutil na atividade mental. O que se sabe, até agora, é que atletas interessados em manter um desempenho cerebral ideal devem minimizar as cabeceadas

  • memoria

    Exercício físico e função de memória

    O exercício aeróbico regular (caminhada, mesmo rápida) pode melhorar a função de memória. Mas, algumas pessoas, com base em sua carga genética, obtêm melhores resultados do que outras.

  • cancer prostata

    Exercícios físicos protegem contra o câncer da próstata

    Neste estudo, homens moderadamente ativos a altamente ativos na prática regular de atividades físicas apresentaram chances 53% menor de terem câncer de próstata que os sedentários. Entre os homens negros, contudo, não se verificou o mesmo benefício, isto é, para eles, os exercícios não se confirmaram como fator de proteção contra a doença.

  • woman exercise

    Preguiça de se exercitar todos os dias? Então, leia isso.

    Pesquisa americana mostra que mulheres que se exercitam de duas ou quatro vezes por semana, com práticas aeróbicas e levantamento de peso, obtêm benefícios físicos iguais as que treinam seis vezes por semana.

  • disco vertebral

    Como combater a diminuir à medida que envelhecemos

    Sim, nós diminuímos de tamanho na medida em que envelhecemos. Aqui, mostramos como lutar contra isso:
    1. Não fumar e manter o peso adequado.
    2. Manter uma dieta bem equilibrada, evitando açúcar e gorduras saturadas.
    3. Ingerir cálcio e vitamina D em quantidades suficientes ao organismo.
    4. Fazer exercício aeróbico diário, como 30 minutos de caminhada rápida.
    5. Faça exercícios de rolamento de peso, pelo menos, três vezes por semana, com especial ênfase aos músculos abdominais.