TV e coágulos de sangue no pulmão

A relação entre ver TV e coágulos de sangue no pulmão

Você sabia que o tempo que passamos em frente à TV está relacionado com a formação de coágulos de sangue que podem levar à morte? Eles normalmente se formam nas pernas de pessoas que ficam sentadas ou deitadas por muito tempo.

Quando nos tornamos sedentários, piscinas de sangue se formam nas pernas. Às vezes, esse sangue estagnado forma um coágulo. Quando estes coágulos ocorrem na coxa profunda, são chamados de “trombose venosa profunda”. Às vezes, os coágulos que se formam no interior das veias da coxa rompem a parede da artéria e são libertados para a corrente sanguínea.

Se o coágulo viaja até o pulmão, pode entupir os vasos sanguíneos, causando uma dor grave e súbita no peito junto com uma dificuldade séria de respiração, que se agrava com qualquer esforço. A tosse pode ser severa e algumas pessoas acabam com expectoração sanguinolenta.

Este coágulo sanguíneo que viaja para o pulmão é chamado de embolia pulmonar, fatal em cerca de 1/3 das pessoas afetadas. Há bons tratamentos, medicamentos que afinam o sangue ou que dissolvem os coágulos de sangue. Mas há casos em que um tratamento mais agressivo é necessário, como o uso de um cateter intravascular para remover o coágulo.

Embolia pulmonar e sedentarismo

Pesquisadores japoneses analisaram se ficar muito tempo assistindo TV pode aumentar o risco de embolia pulmonar. Por 20 anos, os japoneses de Collaborative Cohort Study acompanharam 86.000 adultos, geralmente saudáveis e com idade a partir dos 40 anos. Cada participante preencheu questionários sobre hábitos de assistir TV e tiveram as condições de saúde acompanhadas.

Os resultados foram publicados recentemente na revista Circulation, da American Heart Association, e mostraram uma forte correlação entre o tempo de visualização de TV e taxa de incidência de embolia pulmonar.

Pessoas que passaram, em média, de 2,5 e 5 horas por dia assistindo TV apresentaram risco 70% maior de morrer de embolia pulmonar em comparação com uma pessoa que assistiu menos de 2,5 horas por dia. Aquelas pessoas que relataram mais de 5 horas de TV por dia tiveram risco 250% maior de morrer de embolia pulmonar em comparação com as pessoas que assistiram TV por menos de 2,5 horas.

O problema não é realmente a TV em si, mas o fato de que as pessoas que passam muito tempo vendo TV são, em geral, sedentárias. Elas não se levantam muito e as piscinas de sangue acabam se formando nas pernas.

O principal autor do estudo, Dr. Toru Shirakawa, da Universidade de Osaka, alerta que, enquanto você está assistindo TV, “Faça pausas, levante-se, ande. Beber água também é importante”.

Falamos em posts anteriores sobre como a falta de atividade e a o hábito de permanecer sentado por períodos prolongados geram riscos muito maiores de obesidade e outras complicações de saúde. Agora vamos adicionar o risco de embolia pulmonar. Clique nos links abaixo para ver mais informações como você pode evitar problemas associados a esses hábito.

Se você quer encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Nove dicas para melhorar um estilo de vida sedentário

Sentar por muito tempo pode anular os benefícios do exercício

Esta postagem também está disponível em: Inglês