Mais Saúde

Dieta gordurosa diminui qualidade dos espermatozóides

Novo estudo realizado nos EUA e publicado no periódico on-line Human Reproduction, mostrou que homens que consomem grandes quantidades de gordura apresentam menor produção e concentração de espermatozóides.

O estudo também mostrou que a ingestão de ômega-3, um ácido graxo insaturado, propiciou uma melhora na morfologia dos espermatozóides, bem como a ingestão de ômega-6, porém em um grau menor.

Coordenado pela médica Dra. Jill A. Attaman, do Centro Médico Dartmouth-Hitchcock, e financiado pelo Instituto Nacional de Ciências e Saúde Ambiental e pelo Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Renais digestivas, ambos dos EUA, o presente estudo analisou uma 99 homens com idade média 36 anos de idade, sendo que 89% dos homens eram caucasianos. Além disso, 71% dos homens estavam acima do peso (IMC 25 a 29,9) ou obesos (IMC ≥ 30), e dois terços nunca haviam fumado.

O estudo mostrou que um aumento de 5% de gordura saturada foi associada com uma redução de 38% na contagem total de espermatozóides. Além disso, o estudo constatou que a concentração de espermatozóides foi cerca de 40% menor em homens que consumiam 37% ou mais de gordura na sua dieta ou que consumiam 13% ou mais de gordura saturada, em comparação com os homens auqele que consomem menos gordura. A associação fortaleceu-se após o controle de índice de massa corporal (IMC) e fatores do estilo de vida. Os autores também descobriram que 41  homens tinha parâmetros seminais normais, enquanto 12 tinham baixo contagem de espermatozóides (<20 milhões / mL), 52 tiveram motilidade <50%, e 32 tinham espermatozóides com morfologia anormal.

Vários fatores do estilo de vida têm sido associados com a infertilidade masculina, incluindo tabagismo, exposição ao álcool e sedentarismo, porém poucos estudos tem examinado o potencial impacto da dieta sobre a reprodução.

A ProcuraMed já havia publicado um artigo relacionado ao tema (Tipo de dieta pode afetar infertilidade humana), aonde mostrou que dietas ricas em carne vermelha e carboidratos refinados, prejudicam a capacidade de movimentação dos espermatozóides, além de que dietas ricas em gorduras trans, parece diminuir a quantidade de espermatozóides encontrados no sêmen.

Desta maneira, e cada vez mais, os estudos científicos comprovam que um estilo de vida saudável (dieta + prática de atividades físicas), proporciona uma melhora na qualidade de vida, além de aumentar a probabilidade de gerar uma nova vida. Um bom final de semana a todos!

Para encontrar um Médico Urologista visite nosso site: www.procuramed.com

Foto: Google.com

Dieta gordurosa diminui qualidade dos espermatozóides was last modified: junho 17th, 2016 by