Mais Saúde

Perda de peso reduz risco de câncer de mama

A perda de peso, mesmo que moderada, pode reduzir significativamente os níveis de hormônios associados ao risco de câncer de mama. Essa é a conclusão de um novo estudo, publicado no periódico Journal of Clinical Oncology.

A pesquisa, coordenada pelo Centro de Pesquisa em Câncer Fred Hutchinson, nos EUA, utilizou dados de 493 mulheres na pós-menopausa, que apresentavam sobrepeso ou obesidade (IMC >25), sedentárias (menos de 100 minutos de caminhada por semana) e com idades entre 50 e 75 anos.

No estudo, as participantes foram divididas em quatro grupos de acordo com os hábitos dos quais foram designadas a seguirem: somente atividade física aeróbica (moderada a vigorosa); atividade física + dieta; somente dieta; e nenhuma intervenção. As mulheres foram acompanhadas durante um período de um ano.

Após esse período, a equipe mediu, por meio de exames de sangue, os níveis de alguns tipos de hormônios sexuais que estão relacionados ao risco de câncer de mama, entre eles diferentes tipos de estrogênio e testosterona. A equipe observou que as mulheres que fizeram tanto dieta quanto atividade física tiveram uma redução nos níveis de estradiol livre, por exemplo, de 26%. Essa diminuição foi de 21,4% entre as mulheres que apenas seguiram a dieta.

Mesmo as participantes desses dois grupos tenham perdido, em média, 10% do peso ao longo do estudo, a pesquisa concluiu que uma redução de 5% do peso corporal já é suficiente para haver um impacto benéfico sobre os níveis hormonais, podendo diminuir significativamente as chances de câncer de mama. Os resultados também indicaram que quanto mais peso perdido, maior é o efeito positivo.

Para Anne McTiernan, coordenadora do estudo, as conclusões do estudo somente se aplicam a mulheres com sobrepeso ou obesidade que não estão fazendo reposição hormonal. Ela ainda considera que a quantidade de peso perdido foi a chave para as mudanças nos níveis hormonais, e que o maior efeito foi obtido com uma associação de dieta e atividade física.

A pesquisadora ainda ressalta que este é o primeiro estudo a mostrar que a perda de peso através de uma dieta saudável, que incluiu redução de calorias, reduzindo a gordura e aumentando legumes, frutas e fibras diminui significativamente os níveis sanguíneos de estrogênio em mulheres na pós-menopausa. Dessa maneira, o estudo mostra que nunca é tarde para fazer alterações no estilo de vida e com isso melhorar a qualidade de vida e ainda reduzir o risco de câncer de mama.

Caso você necessite encontrar um(a) médico(a), você pode utilizar o nosso site: www.procuramed.com. É rápido, fácil e sem custo!

Leia também na ProcuraMed:

* Novos estudos sobre a menopausa

* Atividade física vigorosa diminui risco de psoríase em mulheres

Foto: Getty Images

Perda de peso reduz risco de câncer de mama was last modified: junho 17th, 2016 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês