Mais Saúde

Como o Chocolate Certo Pode Alimentar o seu Corpo

Na semana passada aqui no blog Mais Saúde discutimos uma pesquisa mostrando que o chocolate contém uma substância importante chamada “epicatequina” e comer chocolate pode melhorar o desempenho do exercício e reduzir a fadiga muscular. Por que o chocolate trabalha desta maneira, e qual é a melhor maneira de usar o chocolate em sua dieta?

Uma mitocôndria … poder dentro de suas células

De uma forma geral, você pode pensar em seu corpo como se fosse uma “usina”. O alimento que você ingere é digerido e transformado em energia, que você usa para todas as suas atividades diárias, e então você elimina os resíduos. Mas a verdadeira ação do seu corpo, está em um nível microscópico, o nível de suas células. Nesse nível, cada célula cria energia para que ela possa executar uma função particular.

Algumas células produzem anticorpos para combater infecções, algumas células, como as células vermelhas do sangue (eritrócitos), transportam oxigênio pelo corpo, e as células musculares contraem, assim você pode se movimentar, se exercitar, trabalhar, fazer amor, e assim por diante… Tudo que seu cérebro comandar seus músculos a fazer.

Mas o que energiza uma célula? Dentro de cada uma de suas células, há uma pequena usina, uma micro-estrutura chamada “mitocôndria”. Basicamente, quanto mais mitocôndrias em uma célula mais eficiente o seu trabalho, portanto, melhor a função celular. O que os pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego  descobriram  que consumir chocolate produz mais mitocôndrias, essas pequenas usinas de energia para suas células, e também a ajudam a funcionar mais eficientemente.

Além disso, biópsias musculares mostraram que os animais que consumiram epicatequina desenvolveram mais vasos capilares em seus músculos, ou seja, uma maior fonte de sangue que ajuda melhor nutrir o tecido muscular.

Dentro de uma mitocôndria

 Mas antes de sair comer chocolate adoidado, saiba que de um modo geral, quanto mais amargo o chocolate, mais saudável ele é, e que o chocolate branco por exemplo, não traz nenhum benefício a saúde. O chocolate puro sem ser processado é muito amargo, desta forma os fabricantes de chocolate o processam, e muitas vezes, adicionam outros ingredientes como leite e o açúcar para torná-lo mais saboroso. Mas quanto mais o cacau puro é processado, mais dos flavonóides (o componente saudável, que inclui epicatequina) são destruídos.

 

Os chocolates mais escuros são os menos processados, e muitas vezes o chocolate feito para as crianças são o mais processados, então eles são inúteis para a saúde. Uma barra de chocolate escuro, contém em média cerca de 53 miligramas de flavonóides, uma barra de chocolate ao leite contém menos de 14 miligramas, e uma barra de chocolate branco contém zero miligramas.

Queremos terminar este artigo dizendo que comer muito chocolate também não é a solução. Pesquisadores acreditam que cerca de 5 gramas de chocolate escuro, menos de um quadradinho ao dia, já seja o suficiente para dar ao treino intensificado os benefícios do chocolate. Em excesso o chocolate, além da gordura e calorias desnecessárias, pode desfazer alguns dos bons efeitos em seus músculos (um efeito chamado de “sobrecarga” dos receptores epicatequina). Então apesar de tão gostoso e saudável, coma com moderação.

 

Como o Chocolate Certo Pode Alimentar o seu Corpo was last modified: junho 17th, 2016 by