sal

Como a redução do sal na dieta pode melhorar sua saúde

Entre 2011 e 2012, foi retirada da indústria alimentícia brasileira 1,3 mil tonelada de sódio, segundo anúncio feito no início do mês pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Pães de forma, bisnaguinhas e macarrão instantâneo foram os primeiros alimentos modificados a partir de um pacto feito em 2011 entre o Ministério da Saúde e a Associação Brasileira de Indústrias de Alimentação (Abia). O objetivo é reduzir sistematicamente a quantidade de sódio nos alimentos industrializados no Brasil. Mas você sabe o que motiva essa preocupação?

sal

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que o consumo do brasileiro está em 11 gramas diários de sal. O recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é menos de cinco gramas por pessoa por dia. O uso excessivo de sal nos alimentos reflete na saúde dos brasileiros: pesquisa feita com mais de 54 mil pessoas em 2011 mostrou que a hipertensão arterial atingia 22,7% da população adulta no Brasil. Também é comum entre os brasileiros adultos a incidência de infarto, AVC, osteoporose e pedras nos rins, problemas também decorrentes do excesso de sal.

Para tentar diminuir os números de atendimentos a esses problemas no sistema público de saúde, o governo tomou providências. Já são quatro pactos firmados entre o Ministério da Saúde e a Abia desde 2011. Neles, estão incluídos alimentos como massas e pães, temperos, caldos, cereais matinais e margarinas vegetais.

Para ajudar você a monitorar seu consumo diário de sal, fizemos uma lista dos principais alimentos que possuem sódio e que nem sempre é percebido quando consumimos. Os principais são:

  1. Pães

Um pedaço de pão pode conter até 230 mg de sódio. Não é uma quantidade enorme por fatia, mas se você consome várias fatias ao longo do dia, é bom ficar atento.

  1. Pizza

Uma fatia pode conter quase 800 mg de sal.

  1. Frios ou carnes embaladas

Carnes pré-embaladas podem conter até 1.050 mg de sódiopor porção. O sal é adicionado a todos os alimentos processados para retardar a deterioração.

  1. Alimentos enlatados

A maioria dos alimentos enlatados é muito rica em sal. É bom verificar o teor de sódio no rótulo de todos os alimentos enlatados antes de comprá-los.

  1. Aves embaladas

O sal é frequentemente adicionado à carne de frango crua antes de ser congelada e embalada. Frango empanado e nuggets, particularmente, contêm quantidades elevadas de sal – a cada 100 gramas, há cerca de 600 mg de sódio.

Também é uma boa dica substituir alguns ítens que vão à mesa. Para temperar a salada, por exemplo, tente substituir os molhos prontos por vinagre ou limão. Escolha alimentos frescos e, sempre que possível, evite carnes processadas ou empacotadas em particular. Leia o rótulo de ingredientes para verificar a quantidade de sódio, bem como as calorias.

Quando você começar a diminuir o consumo de sal, a comida poderá parecer um tanto sem graça, mas, com o tempo, o seu paladar irá se ajustar e você conseguirá aproveitar melhor os sabores reais dos alimentos.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site principal: www.procuramed.com.

Leia também na ProcuraMed:

Como dar superpoderes à sua salada 

Sete motivos que podem levar à falsa leitura de pressão alta

 

Esta postagem também está disponível em: Inglês