cafe cacau

Chocolate, Também Bom para Malhação

Aqui no Mais Saúde, gostamos de ser positivos a respeito de como se manter saudável e também feliz. Isso significa que ao invés de dizer o que você pode ou não pode fazer ou que isso ou  aquilo é ruim para você, nós preferimos dizer as coisas que são boas para você, ou divertidas, ou gostosas, ou de preferência todas juntas. Manter-se saudável e viver muito tempo não vale a pena se for muito doloroso ou cheio de privações. Acreditamos que o prazer na vida é tão importante quanto a saúde, um está ligado ao outro.

Chocolate, bom para saúde!Nos últimos cinco anos ou mais tem havido vários estudos médicos mostrando que o chocolate (principalmente o escuro) pode sim fazer bem a saúde. O chocolate tem se mostrado eficiente para redução da pressão arterial e doenças cardíacas, além de também ajudar a diminuir a incidência de acidentes vasculares cerebrais. Falaremos mais sobre isso outro dia, hoje vamos apenas discutir uma pesquisa recente sobre como o chocolate pode ajudar seu treino na academia.

Esta pesquisa foi realizada na Universidade da Califórnia em San Diego, onde foi feito um estudo em camundongos. É claro que os seres humanos são muito diferentes dos roedores, e alguns tipos de estudos em camundongos não são tão relevantes para os humanos (como muitos tratamentos contra o câncer que infelizmente não funcionam em nós), mas no caso do estudos sobre o exercício parecem ser mais confiáveis quando aplicado ao Homo sapiens.

Os pesquisadores dividiram camundongos sedentários “de meia-idade” em dois grupos: metade deles receberam uma dose diária de epicatequina dissolvido em água por duas semanas. A epicatequina é o componente químico do chocolate que se acredita dar o chocolate seus benefícios de saúde. A outra metade dos camundongos receberam apenas água, sem essa química.

Então eles dividiram cada um desses dois grupos de camundongos em mais dois grupos, um grupo passou duas semanas se exercitando levemente em esteiras, e o outro grupo sem exercício extra, que ficou preguiçoso e sedentário. Então, assim ficou dividido os quatro grupos de camundongos: 1) recebeu epicatequina e exercício leve; 2) epicatequina, mas sem exercício extra; 3) apenas água e exercício; 4) receberam água, mas sem exercício.

Depois de duas semanas, eles fizeram um teste de corrida numa pequena esteira rolante (até à exaustão), em todos os quatro grupos de camundongos e compararam a diferença que cada grupo de roedores obteve nessa corrida. Os pesquisadores também fizeram uma biópsia no músculo da perna de cada camundongo para comparar as células, e ver se o produto químico do chocolate havia feito alguma diferença na atual estrutura da célula dos roedores. Eles notaram diferenças marcantes! Descobriram que os camundongos que se exercitaram e haviam recebido o produto químico de chocolate foram capazes de correr uma distância cerca de 50% maior do que os animais que não receberam a substância química!

Nosso próximo post do blog iremos explicar porque o chocolate possui tal efeito, e quais os tipos de chocolate são melhores para você. Tenha um bom fim de semana e aproveite um bom dark chocolate, mas sem exageros…:)