Mais Saúde

Benefícios da Água e sua Problemática

Por Fidel Queiroz*

A ONU (Organização das Nações Unidas), celebra anualmente no dia 22 de março, o Dia Mundial da Água, destacando à importância da Água potável e do manejo sustentável dos recursos hídricos.

A Água desempenha papel essencial na manutenção do equilíbrio de nosso planeta, sendo imprescindível para com as funções fisiológicas do ser humano (70% do corpo é água).

Ela atua na digestão, absorção, transporte de nutrientes e na desintoxicação do nosso corpo. Além de ajudar na filtragem das toxinas, as dilui, facilitando o processo de excreção do corpo e também regulando a temperatura corporal.

De acordo com especialistas a ingestão adequada de água também previne algumas doenças, tais como: produção de pedras nos rins, infecções urinárias e infecções virais – a gripe, por exemplo. As recomendações diárias de ingestão são de 35 ml/kg de peso corporal por dia.

Porém tal recurso natural, tão importante, vem sendo alvo de constantes e intensos debates ao redor do mundo, em torno de seu uso sustentável por nossa sociedade. As atuais previsões das Nações Unidas estimam que a população mundial chegará a 9 bilhões de pessoas em 2050. Este crescimento exponencial da população – um dos principais motores do consumo de energia e alterações climáticas antropogênicas – é também o principal combustível das mudanças hidrológicas e seus impactos. Este provoca uma rápida urbanização e desmatamento de florestas, que afetam a vitalidade, qualidade e disponibilidade da Água, através do deterioramento de rios, aquíferos e os ecossistemas associados

Quando pensamos sobre a problemática da Água, devemos ter consciência e a premissa de que sem um meio ambiente sadio, não há possibilidade de que exista economia ou sociedade equilibrada, havendo o colapso total. A poluição da Água não restringe-se a um país, é um grave problema mundial que afeta a saúde dos sistemas de água doce e as pessoas que dependem dela. Mais da metade da população mundial depende da água doce que se acumula nas regiões montanhosas, área que está sob a pressão da agricultura, desmatamento e extração mineral, o que acaba por colocar uma pressão insustentável sobre tal recurso. Em menos de 25 anos, dois terços da população mundial estará vivendo em países com carência de água.

Mesmo com tal alarmante realidade que nos é exposta, é demasiado tarde para ser pessimista, devemos repensar nossas atitudes e agir. O uso consciente indiviual deste recurso, pautado nos 4Rs (Repensar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar), é o primeiro passo, mas não o único. Pesquisar a procedência e o modo como um produto adquirido é produzido, dando preferência aos regionais e mais ecologicamente sustentáveis, melhora bastante a situação. A sociedade tem o dever de atuar ativamente na cobrança de mudanças nas políticas publicas e privadas, para que estas que sejam passem a ser verdadeiramente direcionadas a conservação da água. O empreendimento de novas tecnologias mais efetivas e limpas, somado à programas de manejo florestal e de ecoturismo sustentáveis,  devem ser reconhecidos e incentivados não como uma opção, e sim como um dever.

Nosso país, possuidor da maior reserva de água potável do Mundo, terá fundamental papel nesta questão que atingirá o Mundo como um todo. O aumento da consciência ambiental de nossa população, por meio da Educação Ambiental, o planejameto familiar efetivo, serão decisivos para que possamos ter uma qualidade de vida que perdure nesta e nas gerações futuras.

*Editor de Conteúdo Procuramed

Fonte da Imagem: descubremargarita.com

Benefícios da Água e sua Problemática was last modified: julho 11th, 2016 by