Mais Saúde

A melhor maneira de cozinhar legumes é …

O cozimento pode destruir algumas propriedades nutricionais dos legumes. Mas você sabia que alguns deles realmente melhoram nutricionalmente quando cozidos?

Os tomates são um bom exemplo. O nutriente mais importante do tomate é o licopeno, um antioxidante ao qual é atribuído a possibilidade de reduzir o risco de alguns tipos de câncer, em particular, o da próstata. Porém, é difícil para o corpo absorver o licopeno a partir do vegetal cru.

Ao cozinhar os tomates, as paredes celulares resistentes são quebradas, liberando mais licopeno e facilitando sua absorção. O molho de tomate tem cerca de quatro vezes mais licopeno utilizável que o tomate cru.

Espinafre, cenoura, pimentão e batata-doce são outros vegetais cujas propriedades nutritivas melhoram com o cozimento. Mas a maioria dos legumes perde em nutrição com esse processo, especialmente, vitaminas solúveis em água, como as vitaminas B e C, que se degradam. Em geral, quanto maior forem a temperatura e o tempo de cozimento, maior será a perda nutricional. 

Micro-ondas

Pode até parecer uma surpresa, mas se você tiver que escolher a melhor maneira de cozinhar a maioria dos legumes, a resposta seria: o forno de micro-ondas. Apesar de este tipo de forno ter uma má reputação, ela não é merecida. Ele é rápido, o que significa que o alimento passa menos tempo sujeito a temperaturas elevadas, reduzindo perdas nutritivas.

O mais importante a saber sobre o uso correto do micro-ondas é o tipo de recipiente usado para cozinhar ou aquecer os alimentos. Use APENAS recipientes de plástico ou outro material com a garantia de segurança para micro-ondas. E saiba que o couve-flor não deve ser cozido no micro-ondas, pois perde muitas de suas propriedades por este método.

A maioria dos plásticos e das embalagens NÃO devem ir ao micro-ondas. Se você usá-los para armazenar a sua comida, consumirá substâncias químicas cancerígenas liberadas no alimento por esses produtos ruins, durante o aquecimento, o que poderá causar-lhe sérios problemas de saúde ao longo dos anos.

Os recipientes mais seguros para o cozimento são os de vidro e cerâmica com a rotulagem específica: “seguro para micro-ondas” (o símbolo de “reciclável” não significa micro-ondas seguro). Se quiser evitar o ressecamento dos legumes, coloque um pedaço úmido de papel toalha branco em cima deles antes de levá-los ao forno.

 

O ponto de partida

Não há uma maneira ideal de cozinhar legumes porque um método pode diminuir um nutriente e melhorar a absorção de outro. Por exemplo, as cenouras são um dos poucos vegetais que fazem bem à saúde com a fervura porque, desse modo, libera mais caroteno. Mas também destrói os não menos importantes polifenois antioxidantes.

Então, a melhor ideia é a seguinte:

1) Coma uma variedade de diferentes vegetais coloridos por dia. É bom comê-los cozidos e crus.

2) Varie a maneira de cozinhá-los e use o seu gosto como indicador. O que é mais gostoso para você? O melhor método vai de acordo com seu paladar, e quando você cria algo gostoso, vai querer comer mais do mesmo– e esse é o ponto-chave.

3) Depois de cozinhar os legumes, jogue um pouco de azeite sobre eles. Isso fará com que seu corpo absorva melhor as vitaminas e os nutrientes lipossolúveis. Além disso, o próprio azeite de oliva é um excelente alimento.

4) Em caso de dúvida, cozinhe seus legumes al dente e prefira o micro-ondas caso ele resulte em legumes de agradável degustação para você.

Se você precisar encontrar um médico em qualquer lugar do Brasil, use o nosso site principal: www.procuramed.com.

Veja também na ProcuraMed:

Comer gorduras vegetais aumenta a sobrevida dos homens com câncer de próstata 

 

A melhor maneira de cozinhar legumes é … was last modified: junho 16th, 2016 by

Esta postagem também está disponível em: Inglês